Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Começa hoje na Índia o 4º Fórum Social Mundial

16 janeiro 2004 - 14h45

Cerca de 75 mil ativistas contra a globalização e 2,5 mil ONGs (organizações não-governamentais)estão reunidos na maior cidade da Índia, Bombaim, para o Fórum Social Mundial, que começa hoje. O encontro, em sua quarta edição, está sendo realizado pela primeira vez na Ásia. As suas primeiras três edições foram feitas em Porto Alegre, no Brasil. Entre os temas discutidos no evento, com seis dias de duração, estão a "globalização imperialista", a segurança internacional e os direitos civis. O fórum foi concebido como um movimento contra a globalização econômica e é formado em geral por sindicalistas, ONGs e partidos de esquerda. Uma das razões para a transferência do Fórum Social Mundial para a Índia foi a necessidade de tornar o movimento mais representativo entre os países e populações mais pobres. Até o ano passado, o evento era freqüentado e coordenado sobretudo por europeus e latino-americanos. Há também uma tentativa de revitalizar e ampliar o espectro do fórum. A ocupação do Iraque pelos Estados Unidos é um dos temas principais que serão discutidos em Bombaim. Outros assuntos, como alimentos transgênicos e racismo, também estarão em pauta. Os ativistas contra a guerra receberam bem as notícias da recente iniciativa de paz entre a Índia e o Paquistão. Mas essa pode ser a única boa notícia para o governo indiano vinda do fórum. O encontro deve ser marcado por críticas à hierarquia existente no hinduísmo, com um sistema de castas que relega cerca de um sexto da população da Índia (quase 200 milhões de pessoas) às castas mais baixas e oprimidas. E não deve ser só isso. O governo indiano também deve ser criticado pela existência de trabalho infantil no país, além do grande abismo existente entre ricos e pobres.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFESA
Major que atirou na cabeça do ex-namorado tinha medida protetiva
OPERAÇÃO LOBO GUARÁ
UEMS é selecionada para participar do Projeto Rondon em 2020
CAPITAL
Diarista cai em buraco na calçada, machuca perna e fica sem trabalhar
STF
Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e pode ser extraditado aos EUA
TRÊS LAGOAS
Técnico de enfermagem apanha em UPA e aciona a polícia
SAÚDE
Brasil monitora apenas um caso suspeito do novo coronavírus
NAVIRAÍ
Por dinheiro, policial facilitava entrada de celulares e droga em presídio
POLÍTICA
Nelsinho Trad oficializa pedido para reativar Parlamento Amazônico
CAMPO GRANDE
Durante discussão, major da PM atira contra o ex-namorado
TENTATIVA
Petroleiros suspendem greve após 20 dias para negociar acordo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia