Menu
Busca sábado, 21 de abril de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE

Começa hoje a 30ª edição do Festival de Gramado

12 agosto 2002 - 15h03

Uma das principais vitrines do cinema nacional e latino, o Festival de Gramado chega à idade da razão e completa 30 anos de existência.
Criado em 1973 para divulgar o potencial turístico da região, o evento ganhou vida própria e vem chamando a atenção do mundo para a cidade de 25 mil habitantes considerada a capital nacional do cinema.
A mostra competitiva de 2002 começa nesta segunda-feira e para a noite de abertura estão programados dois filmes: "Querido Estranho", de Ricardo Pinto e Silva, e "Dois Perdidos numa Noite Suja", de José Joffily, baseado na peça homônima de Plínio Marcos.
Este ano, oito produções concorrem na categoria longa-metragem de ficção, sendo quatro delas brasileiras. Na disputa pelo Kikito, estão os cariocas "Dois Perdidos numa Noite Suja", "Queridos Estranhos" e "Separações"; o paulista "Durval Discos" e o mineiro "Uma Onda no Ar".
A América Latina está representada pelo argentino "El Hijo de la Novia", que concorreu este ano ao Oscar de melhor filme estrangeiro, pelo chileno "Táxi para Três", por "Estrella del Sur" (co-produção do Uruguai, Espanha, Argentina e França) e pelo mexicano "La Perdición de los Hombres".
Uma novidade da edição de 2002 é a mostra competitiva de documentários, cujo destaque é o esperado "Edifício Master", de Eduardo Coutinho, que disputará o prêmio com os cariocas "A Cobra Fumou" e "Onde a Terra Acaba", e com o paulista "Nem Gravata Nem Honra", de Marcelo Masagão -filmes inéditos no Sul, mas já exibidos no eixo Rio-São Paulo.
Na categoria curta-metragem, a tarefa do júri não é nada fácil. Dos 134 inscritos, foram selecionados apenas 25, sendo 14 curtas em 35mm, 10 cutas em 16mm e um média-metragem em 16mm.
Este ano, é a atriz Marieta Severo quem recebe o Troféu Oscarito, homenagem mais que merecida não apenas por sua sensível performance no longa-metragem "Com Licença, Eu Vou à Luta" (1986), de Lui Farias, com o qual ganhou seu primeiro Kikito de melhor atriz, mas também pelo trabalho em "A Espera", curta-metragem que lhe rendeu o segundo Kikito, no mesmo ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SORRISÃO
Graciele Lacerda faz ensaio fotográfico e exibe corpão à beira da pescina
PRAZO MÁXIMO
Justiça decide internar adolescente que matou advogada em Aquidauana
PRONUNCIAMENTO
Temer defende governo e critica "torcida organizada pelo fracasso"
ÁGUA CLARA
PRF recupera em MS veículo de luxo furtado no interior de São Paulo
LOTERIA
Aposta única fatura sozinha prêmio de R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
UEMS
“Mobilização sem precedentes” marca desenvolvimento da Rila em MS
CORUMBÁ
Motociclista irlandês tem perna amputada após acidente na BR-262
GÊNERO
Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título
PRF
Eletrônicos avaliados em R$ 60 mil são apreendidos na rodovia BR-060
MEIO AMBIENTE
Três homens são autuados em R$ 5 mil por pesca predatória

Mais Lidas

SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ABRIGO
Fazendeiro morto por pistoleiros já hospedou membro do Comando Vermelho
Morador da Rocinha foi preso com documento falso quando vigiava posto da PRF, na BR-463, uma das principais rotas do narcotráfico
POLÍCIA
Mulher é presa com crack do Paraguai na Rodoviária de Dourados
DESCAMINHO
DOF faz apreensão de armas e munições contrabandeadas do Paraguai