Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Colombiano é preso após engolir 72 cápsulas de cocaína

15 agosto 2002 - 15h43

O comerciante boliviano Carlos Yonni Morales Aguilera, de 28 anos, foi preso ontem em flagrante pela Polícia Civil no Aeroporto Internacional de Guarulhos por tráfico internacional de drogas. Em seu estômago e em seu intestino, havia 72 cápsulas de cocaína que ele tentava embarcar para a Espanha, segundo a Secretaria de Segurança Pública.
Aguilera iria ganhar US$ 1.350 pelo serviço de transporte de drogas, segundo policiais do Departamento de Narcóticos (Denarc). Ele entregaria o entorpecente para uma mulher, na estação de metrô Jatocha, em Madri. Antes de engolir as cápsulas, Carlos fez testes para verificar se tudo correria bem durante a viagem do Brasil até à Espanha, que duraria três dias.
Morador em Prolongación San Plablo, em Santa Cruz de La Sierra, Aguilera disse que aceitou transportar a droga porque está em dificuldades financeiras. Em depoimento ao delegado Luiz Henrique Mendes de Moraes, da 4ª Dise Sul, da Divisão de Investigação Sobre Narcóticos do Denarc, ele disse ter sido recrutado por Roberto Alba Bejarano.

Depois de fazer os testes com as cápsulas, envoltas em fita adesiva preta, o suspeito pegou um trem até Porto Quijaro, na fronteira com o Brasil. Para não chamar a atenção, atravessou a fronteira a pé e pegou um mototáxi até o Aeroporto de Corumbá (MT). Em vôo da TAM, ele chegou até o Aeroporto de Congonhas, no bairro Aeroporto, na Zona Sul da capital. Depois, pegou um ônibus e foi para Guarulhos, onde a polícia o esperava depois de ter recebido uma denúncia anônima.

Aguilera foi flagrado no check-in do vôo internacional. A princípio, os investigadores não encontraram nada com o suspeito, mas eles desconfiaram porque o comerciante estava muito nervoso e suando bastante. Por causa disso, os policiais decidiram levá-lo a um hospital de Guarulhos.

As radiografias mostraram que ele tinhas "corpos estranhos" no estômago e no intestino. Ele ingeriu laxante e, durante a noite, expeliu as cápsulas. Depois, confessou o crime.

O delegado apurou que Aguilera já havia viajado para Amsterdã, na Holanda, no mesmo esquema, mas ele nega ter levado drogas. Aguilera foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas.




Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Após apelo de Reinaldo, Geraldo Resende permanece no governo
BELEZA & ESTÉTICA
Cabelos brancos? Aplique azeite e acabe com os fios grisalhos
CRIME ORGANIZADO
Novo comandante do DOF defende aparatos tecnológicos para enfrentar o tráfico
SAÚDE
Hipertensão (pressão alta): o que é, causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção
JUSTIÇA
TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
PESQUISA FIJ
Mais da metade dos jornalistas têm sofrido de estresse durante a pandemia
CAMPANHA EM MS
Arrecadação de EPIs para saúde indígena recebe mais de 20 mil equipamentos
ISOLAMENTO
Aglomeração de pessoas favorece contágio acelerado, alerta Saúde de MS
PANDEMIA
Governador do Estado de Mato Grosso testa positivo para coronavírus
PONTA PORÃ
Casal é preso transportando 150 kg de maconha em veículo

Mais Lidas

EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados