Menu
Busca terça, 23 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Clube de Mães do Parque das Nações II encerra curso

11 dezembro 2003 - 18h57

Aconteceu nesta quinta-feira, o encerramento do “Curso de Capacitação Profissional” no Clube de Mães do Parque das Nações II. O curso para confecção de bijuterias, que foi promovido pela Secretaria de Assistência Social e Economia Solidária (Semases), teve duração de 30 dias, e 21 moradoras beneficiadas. A prefeitura forneceu a matéria-prima e o instrutor, enquanto a comunidade cedia o espaço físico. Segundo a superintendente de Trabalho e Economia Solidária, Margarida de Fátima Nicoleti, “a coisa mais importante que pode acontecer entre a administração pública e a população, é a parceria para melhorar as ações e direcionar as soluções dos problemas. O que aconteceu aqui foi muito gratificante, ver essas mulheres que não tinham qualquer perspectiva de emprego trabalhando. É uma recompensa”, concluiu.O curso de artesanato, específico na área de bijuterias, que foi ministrado por Maria Elza da Silva, “é um curso que gera renda para as famílias e motiva, nós trabalhamos durante o curso metodologias para combater o stress e a depressão.” A professora afirma que o investimento inicial é pequeno, e o lucro pode chegar rápido em casa. “O investimento inicial é de aproximadamente R$ 60. Comprando alicate, miçangas e mais alguns itens, as alunas podem começar a produção, elaborar planos de comercialização em lojas e camelôs, e presentear os amigos”, finalizou.O curso de artesanato já está gerando renda para algumas famílias. As alunas já estão comercializando as peças e a intenção é que o curso venha trazer um novo posto de trabalho, onde as pessoas possam gerar mais renda para a família. A moradora do Parque das Nações, Nadir Sabino e Silva, terminou o curso com sucesso. “Quando eu iniciei o curso não tinha muita expectativa de futuro, pois sou deficiente auditiva e era muito ansiosa, além de sofrer com depressão. Agora posso trabalhar e colocar mais um pouquinho de dinheiro dentro de casa”.Todas os participantes receberam certificado de participação e além do curso de qualificação profissional foi foram repassadas teorias para a formação da cidadania,  onde se discutiam vários temas como saúde, violência contra a mulher, educação, transporte e participação política. Esses temas foram trabalhados em consonância com o curso, porque a atual administração entende que “a pessoa não necessita apenas da qualificação, mas também de um convívio social, formando o cidadão como um todo”. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RURAL
Supersafra de grãos no Brasil deve passar de 240 milhões de toneladas
TELEVISÃO
Leo Dias desabafa e diz que amizade com Lívia Andrade acabou
TECNOLOGIA
IFMS divulga aprovados em cursos profissionalizantes em 11 cidades
SAÚDE
Anvisa deve votar nesta terça novo marco regulatório para agrotóxicos
CAMPO GRANDE
Idoso vai a Posto de Saúde para tomar vacina e desaparece
CENSO
IBGE encerra inscrições para vagas com salário de R$ 4,2 mil
EDUCAÇÃO
Unigran inicia as aulas do segundo semestre na proxima segunda-feira
ECONOMIA
Consulta Pública sobre tarifa do gás natural termina nesta terça-feira
POLÍTICA
Após polêmica com nordestinos, Bolsonaro irá à Bahia nesta terça-feira
CAMPO GRANDE
Homem que assassinou o tio durante briga é preso pela Polícia Civil

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
PORTO MURTINHO
Douradense é assassinado em sede de fazenda
SHOWBIZZ
Sertanejos morrem em acidente de carro em rodovia de São Paulo
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio ao ser baleado nas costas