Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Clonagem de cheque é a "fraude da vez", diz Abracheque

14 janeiro 2004 - 12h22

Parece verdadeiro, mas não é. É essa a aparência de um cheque clonado, que se transformou na "fraude da vez" entre as cometidas contra este meio de pagamento. Segundo a Abracheque (Associação Brasileira das Empresas de Informação, Verificação e Garantia de Cheques), o avanço da tecnologia e o aperfeiçoamento das máquinas de impressão facilitam a ação dos fraudadores."As máquinas de impressão estão cada vez mais modernas e capazes de emitirem talonários inteiros de cheques falsos ou clonados", disse o presidente da Abracheque, Carlos Pastor.O problema, segundo ele, é que o cheque clonado é classificado pelo Banco Central como devolvido pelo motivo "35", que inclui também roubos, furtos e outros tipos de fraudes."Não se sabe ainda quantos dos cheques devolvidos tiveram por motivo de rejeição a clonagem. Mas sabemos que esse é um fenômeno crescente", afirmou Pastor.ClonagemExistem dois tipos de clonagem: manual e mecânica. Na manual, os fraudadores utilizam uma folha de cheque verdadeira e simplesmente apagam o nome e números do RG e CPF originais e trocam por outras informações."Isso permite que o cheque de uma pessoa que tem o nome sujo seja clonado com o nome de outra, que não possui registros de débito, e passe a ser aceito no comércio", disse Pastor.A outra forma de clonagem é a impressão a laser de folhas de cheque em nome de usuários verdadeiros ou não. Nesse tipo de fraude, o consumidor pode ter passado um cheque que foi repassado para uma equipe de fraudadores. Utilizando as informações verdadeiras do cheque do cliente, os fraudadores podem vir a emitir outras folhas falsas.Dor de cabeçaQuem mais sofre com a clonagem do cheque é o pessoa que teve o nome utilizado na fraude.Segundo a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), os bancos não se responsabilizam pelo pagamento de cheques perdidos, extraviados, falsos ou falsificados. Ou seja, um cheque clonado no seu nome pode ser descontado de sua conta.Como evitarA Abracheque informou que uma das maneiras de evitar a recepção de cheques clonados é utilizando os serviços de consulta aos dados cadastrais.A Febraban também possui uma relação de dicas de segurança para o preenchimento de cheques. Entre as sugestões da Febraban está a emissão, sempre, de cheques nominais e cruzados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMBUSTÍVEIS
Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias pela 1ª vez no ano
AQUIDAUANA
Falso delegado envia nudes e ameaça ‘infernizar’ vida de menina de 13 anos
LOTERIA
Confira as dezenas da Mega-Sena, que deve paga R$ 170 milhões
PROPOSTA
Projeto de lei prevê afixação de cartazes educativos sobre adoção
PUNIÇÃO
Idoso que atirou em morador de rua é exonerado da Assembleia Legislativa
BENEFÍCIO
UEMS abre inscrições de 770 auxílios para acadêmicos da graduação
CINEMA
Morre em São Paulo aos 83 anos José Mojica Marins, o Zé do Caixão
EMPREGO
Comarca de Mundo Novo realiza processo seletivo de estagiários
DOURADOS
Ladrão leva carro de autoescola e o abandona na Cachoeirinha
COTAÇÃO
Dólar renova recorde e fecha a R$ 4,36

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018