17/05/2017 11h34

Vídeo mostra trajeto da Guaicurus percorrido por universitários em "breu total"


Isadora Spadoni
 
Essa é a visão de quem trafega pela avenida Guaicurus a noite - Foto: Reprodução Essa é a visão de quem trafega pela avenida Guaicurus a noite - Foto: Reprodução

A reportagem do Dourados News percorreu 12 quilômetros da avenida Guaicurus, a partir da rua Monte Alegre até a Cidade Universitária, e constatou diversos trechos sem nenhum tipo de iluminação e que dificultam a visibilidade dos motoristas. O trajeto é percorrido diariamente por professores e estudantes universitários, além de militares do exército e passageiros do aeroporto de Dourados.

Um estudante da Universidade Federal da Grande Dourados que pega o ônibus das 18h e das 22h para ir e voltar da faculdade relatou que em partes do trajeto é comum o motorista desligar a iluminação interna do veículo para poder enxergar melhor a via. "Em alguns pontos é uma escuridão total."

O Ministério Público Estadual pediu urgência no julgamento do processo, que ainda não foi pautado no Tribunal de Justiça após o MPE e a prefeitura de Dourados não terem entrado em um acordo para que o município faça as adequações na via.

O promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Junior disse ao Dourados News que a prefeitura tenta "ganhar tempo" na justiça para não corrigir as falhas na iluminação pública da via.

"A prefeitura não aceitou nossa proposta de acordo e propôs um acordo muito ruim, que não oferecia nenhuma segurança jurídica para obriga-los a realizar uma nova adequação na via, caso seja necessário", disse.

O MPE propôs inicialmente que a prefeitura fizesse o reparo de 10% a 15% dos postes de iluminação da via em 30 dias e que o restante fosse concluído em um prazo de 180 dias, uma proposta "bastante generosa", segundo o promotor.

A prefeitura não aceitou e fez uma contraproposta de realizar, em 180 dias, reparos e substituições em parte do sistema "em razão de garantir maior segurança no local", porém se eximiu da responsabilidade jurídica de realizar manutenções posteriores da iluminação pública da rodovia.

Segundo dados da própria prefeitura anexados ao processo, 40% dos 18 transformadores instalados ao longo da avenida encontram-se totalmente apagados, relembre aqui.

Envie seu Comentário