Menu
Busca sexta, 06 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
IMPOSTO

Vereadores da Capital aprovam tributação de Netflix e Spotify

03 outubro 2017 - 19h20Por Da Redação

A Câmara de Vereadores de Campo Grande aprovou em regime de urgência, no final da sessão desta terça-feira (3), a cobrança de ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) da Netflix, Spotify e outras empresas que prestam serviços de streaming, tecnologia que envia informações multimídia (vídeos e músicas) por meio da internet.

De acordo com o Campo Grande News, a aprovação foi unânime, com 24 votos favoráveis e apenas um contrário, do vereador Vinicius Siqueira (DEM).

A cobrança, segundo o titular da Sepanflic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle), Pedro Pedrossian Neto, será de 5%.

A medida tem como base a lei federal 157, que entrou em vigor no dia 29 de dezembro de 2016, e estabelece cobrança mínima de 2% para os serviços de streaming.

O ISSQN é um imposto definido por cada município que o consumidor não paga diretamente, ou seja, quem precisa arcar com o tributo é o próprio prestador de serviço. Entretanto, como é um gasto adicional não previsto, pode significar um aumento na mensalidade, por exemplo, caso a empresa ache necessário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Paraguaio morre em hospital após levar 4 tiros em frente a residência
ALIANÇA PELO BRASIL
Novo partido do presidente Jair Bolsonaro é registrado em cartório
LIMITE DE GASTOS
Brasileiro poderá trazer US$ 1 mil em compras de países do Mercosul
RURAL
Nova Andradina é alvo de pesquisa da Embrapa sobre controle de javalis
ACIDENTES
Dez pessoas morrem por mês nas rodovias federais de MS
PUNIDO
Eduardo Bolsonaro é destituído da presidência do PSL em São Paulo
FRONTEIRA
Corpo encontrado carbonizado é de adolescente desaparecido
EDUCAÇÃO
MEC lança material para incentivar pais a lerem para os filhos
JUSTIÇA
Vício na construção do imóvel configura responsabilidade da construtora
BENEFÍCIO
Diretoria de Educação a Distância da UEMS seleciona bolsistas

Mais Lidas

POLÍCIA
Morto em ação policial no MS era afamado como líder do novo cangaço
FRONTEIRA
Quatro assaltantes de carro-forte são mortos em confronto com a polícia
DOURADOS
Júri condena a 64 anos de prisão cinco réus por atentado contra empresário
DOURADOS
Homem é preso ‘arrastando’ moto na região central