Menu
Busca Quarta, 13 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Sertão Campanha - Dezembro2017
EDUCAÇÃO

UEMS abre inscrições para Projeto Rondon no Pantanal e em Alagoas

15 Setembro 2017 - 11h21

O Ministério da Defesa, por meio da Coordenação-Geral do Projeto Rondon, tornou público o convite às Instituições de Ensino Superior (IES) que queiram participar das Operações Pantanal, no Estado de Mato Grosso do Sul e ou Palmares, no Estado de Alagoas, ambas em julho de 2018, por meio do Edital 065/2017 - Chamamento Público do Processo de Seleção e da Participação das IES, de acordo com o Diário Oficial da União nº. 170 de 04 de setembro de 2017, p.31-35, no Anexo A.

Assim, a Universidade Estadual de Mato grosso do Sul (UEMS), por intermédio da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proec), convida os professores efetivos da Instituição, que tiverem espírito aventureiro, experiência em extensão universitária e quiserem vivenciar trabalhos em outra região do Brasil ou no próprio Pantanal, para participarem do Projeto Rondon 2018 coordenando equipes que representarão a Universidade.

Considerando que cada IES só pode enviar uma proposta para cada operação, e visando organizar estas propostas, os professores interessados em participar deverão manifestar interesse, enviando e-mail para divisaoextensao@gmail.com até a próxima segunda-feira (18), informando qual a operação e conjunto pretende participar, sendo que a elaboração e o envio da proposta, deve ser até o dia 1 de outubro, no e-mail divisaoextensao@gmail.com .

###Operações previstas
A Operação Pantanal será desenvolvida entre os dias 06 e 22 de julho/2018, em 11 (onze) municípios do Estado de Mato Grosso do Sul, a saber: Bandeirantes, Bodoquena, Corumbá, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Ladário, Miranda, Rio Negro, Rochedo e Terenos. Terá como Centro Regional a cidade de Campo Grande.

- A Operação Palmares será desenvolvida entre os dias 15 e 30 de julho/2018, em 10 (dez) municípios do Estado de Alagoas, a saber: Belém, Cacimbinha, Coité do Nóia, Chã Preta, Jacuípe, Jequiá da Praia, Jundiaí, Olivença, Quebrangulo e Roteiro. Terá como Centro Regional a cidade de Maceió/AL.

Toda proposta de Trabalho deve seguir a estrutura prevista no Anexo B. Deve iniciar com o diagnóstico da região abrangida pela operação, seguido das ações previstas nas temáticas do conjunto A ou conjunto B, também orientadas para mesma região e carências detectadas no diagnóstico.

###Detalhamento do diagnóstico no projeto
1 - Contextualização da região abrangida pela Operação ;

2 - Diagnóstico urbano e rural com a identificação do índice de pobreza e de exclusão social dos municípios contemplados no edital;

3 - Identificação dos principais problemas sociais e deficiências de informações, benefícios, serviços, programas e projetos, dos municípios contemplados no edital;

4 - Identificação das principais políticas públicas vigentes nos municípios contemplados no edital;

5 - Análise da situação econômica e social dos municípios contemplados no edital.

###Detalhamento das temáticas dos Conjuntos A e B no projeto
O Conjunto A deve contemplar as temáticas de Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde e o conjunto B deve contemplar as temáticas de Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho. As áreas de atuação de cada temática estão estabelecidas no edital no Anexo A e o projeto deve descrever, em detalhes, como a equipe pretende desenvolver as ações atendendo a cada temática.

O projeto será avaliado conforme critérios da Ficha de Avaliação da Comissão de Avaliação de Propostas do Projeto Rondon (CAPPR), para os conjuntos "A" e "B", disponível no Anexo C.

De acordo com Edital 065/2017, as ações devem ter caráter de extensão, e contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades, para o desenvolvimento e o fortalecimento da cidadania do estudante universitário, o bem-estar social e a qualidade de vida nas comunidades carentes, usando as habilidades universitárias. As ações propostas deverão ser direcionadas a um público capaz de reproduzi-las e multiplicá-las no seio da comunidade, tornando-as permanentes. Poderão ser realizadas oficinas complementares visando viabilizar, apoiar ou dar suporte às ações de capacitação.

###Normas para elaboração das propostas
Conter: Introdução, objetivo geral, justificativa, objetivo específico, público-alvo, detalhamento das ações a serem desenvolvidas nas oficinas, cronograma, considerações finais e referências bibliográficas, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5 cm e, no máximo, em 40 páginas, conforme anexo B - modelo de estrutura de proposta para as ações dos conjuntos "A" e "B".

Os alunos serão selecionados após a aprovação do projeto pelo Ministério da Defesa.

Caberá à Comissão Organizadora do Projeto Rondon /UEMS a análise e julgamento das propostas recebidas, encaminhando as selecionadas para o Ministério da Defesa. Todos os

Informações podem ser obtidas pelo e-mail: divisaoextensao@gmail.com e telefones (67) 3902-2630 ou 3902-2562.


Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Ex-BBB Natalia Casassola mostra quase tudo em clique na web
PIS/PASEP
Pagamento do abono salarial para nascidos em dezembro começa nesta quinta
JUSTIÇA
Audiências no TJMS buscam resolução mais adequada de conflitos
DEBATE
Maia e Eunício fecham acordo para votar reforma em fevereiro, diz Jucá
DOURADOS
Trabalho de detentas contribui para a autoestima de mulheres que lutam contra o câncer
ENGENHARIA E AGRONOMIA
Eleições na sexta definem presidente do Crea-MS para o mandato 2018 a 2020
TCE-MS aprova primeiro processo de Auditoria Coordenada em RPPS
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda após 4 altas
CAMPO GRANDE
Homem é morto a facadas após se masturbar em público
DOURADOS
Corpo é encontrado no Porto Cambira

Mais Lidas

BARBÁRIE
Acusado de esquartejar mãe é levado para audiência
DOURADOS
Homem encontrado morto estava acorrentado e jogado no rio Dourados
DOURADOS
Juiz manda acusado de esquartejar a mãe para hospital da Capital
DOURADOS
Após denúncia, polícia encontra revólver e pistola com homem