Menu
Busca sábado, 24 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
CURSO

Tribunal de Contas capacita jurisdicionados de Campo Grande

18 setembro 2017 - 19h35

Seguindo o modelo de gestão pedagógico e preventivo implementado pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, conselheiro Waldir Neves, o curso "Instrução Processual – Remessas Física e Eletrônica" é uma recomendação do conselheiro Jerson Domingos e conta com o apoio da presidência do TCE-MS para oferecer mais uma oportunidade, dessa vez, aos jurisdicionados que compõem o quadro administrativo do município de Campo Grande, para que os mesmos ampliem o conhecimento e ainda alcancem a plena assertividade no envio das contas ao Tribunal de Contas.

Depois de constatada as dificuldades que os jurisdicionados vêm apresentando na operacionalização do sistema e-Protocolo, o curso "Instrução Processual – Remessas Física e Eletrônica", promovido pelo TCE-MS, por meio da Escola Superior de Controle Externo – ESCOEX, tem como objetivo auxiliar o município de Campo Grande, que detém uma estrutura significativa descentralizada por secretarias, com um treinamento específico e adequado para que as remessas física e eletrônica de documentos sejam enviadas ao Tribunal de Contas com o mínimo de irregularidades.

O curso será ministrado pela instrutora e chefe do serviço de protocolo do TCE-MS, advogada, bacharel em administração de empresas e pós-graduada em auditoria e controladoria, Simone Aparecida Cabral de Amorim que destaca a importância do treinamento: "Por décadas, o protocolo era enviado somente na forma física, e, atualmente o momento é novo em razão da remessa eletrônica, e se o jurisdicionado não fizer o encaminhamento da forma adequada não conseguirá efetivar o envio dos documentos".

Simone Amorim lembra que a Capital é um município que faz parte da jurisdição do conselheiro-relator, Jerson Domingos, que tem trabalhado com sua equipe ‘in loco’, e detectou que gestores públicos de Campo Grande têm enfrentado dificuldades no envio eletrônico de documentos e com isso um número significativo de processos estão deixando de ser encaminhados ao Tribunal de Contas. "A própria prefeitura demonstrou interesse e já procurou a diretoria geral da Corte de Contas alegando dificuldades nas remessas, em razão disso o treinamento será exclusivo para profissionais da Capital, prefeitura, câmara, bem como todas as secretarias, órgãos, fundações e autarquias municipais".

De acordo com a instrutora o treinamento será bem prático: "Tomamos como base as dificuldades e dúvidas apontadas pelos jurisdicionados ao formalizar os processos, como no cumprimento da legislação do Tribunal, dentre outras, a ideia é ministrar um curso trabalhando nos pontos específicos das dificuldades com um momento em que abriremos, ainda, espaço para perguntas".

O curso será ministrado no Auditório da ESCOEX, terça-feira, dia 26 de setembro, no horário das 13h às 18h e vai disponibilizar 108 vagas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM E BOMBEIROS
ACS elege novo presidente em MS
ESTADO
Começa em abril inventário de plantas e solo do Cerrado de Mato Grosso do Sul
Veículos roubados que seriam levados para o Paraguai são recuperados
BRASIL
Conta-salário poderá ser transferida para instituições não financeiras
RECOMENDAÇÃO
Prefeito vai revogar doação de área a Arquidiocese de Campo Grande
MS/PR
Assaltantes se escondem em pântano e acabam presos
ESTADUAL
Federação adia fim da primeira fase após ajuste de tabela
BANDEIRANTES
Motociclista morre após ser atingido por ônibus
FÁTIMA DO SUL
População faz protesto e pedem Justiça no caso Débora
MUNDO NOVO
Bêbado é preso após fugir de bloqueio policial

Mais Lidas

ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”
NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
ABUSO
Adolescente denuncia o próprio pai por estupro em Dourados
DOURADOS
Polícia desarticula grupo que planejava furto a agência dos Correios