Menu
Busca sábado, 16 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
CURSO

Tribunal de Contas capacita jurisdicionados de Campo Grande

18 setembro 2017 - 19h35

Seguindo o modelo de gestão pedagógico e preventivo implementado pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, conselheiro Waldir Neves, o curso "Instrução Processual – Remessas Física e Eletrônica" é uma recomendação do conselheiro Jerson Domingos e conta com o apoio da presidência do TCE-MS para oferecer mais uma oportunidade, dessa vez, aos jurisdicionados que compõem o quadro administrativo do município de Campo Grande, para que os mesmos ampliem o conhecimento e ainda alcancem a plena assertividade no envio das contas ao Tribunal de Contas.

Depois de constatada as dificuldades que os jurisdicionados vêm apresentando na operacionalização do sistema e-Protocolo, o curso "Instrução Processual – Remessas Física e Eletrônica", promovido pelo TCE-MS, por meio da Escola Superior de Controle Externo – ESCOEX, tem como objetivo auxiliar o município de Campo Grande, que detém uma estrutura significativa descentralizada por secretarias, com um treinamento específico e adequado para que as remessas física e eletrônica de documentos sejam enviadas ao Tribunal de Contas com o mínimo de irregularidades.

O curso será ministrado pela instrutora e chefe do serviço de protocolo do TCE-MS, advogada, bacharel em administração de empresas e pós-graduada em auditoria e controladoria, Simone Aparecida Cabral de Amorim que destaca a importância do treinamento: "Por décadas, o protocolo era enviado somente na forma física, e, atualmente o momento é novo em razão da remessa eletrônica, e se o jurisdicionado não fizer o encaminhamento da forma adequada não conseguirá efetivar o envio dos documentos".

Simone Amorim lembra que a Capital é um município que faz parte da jurisdição do conselheiro-relator, Jerson Domingos, que tem trabalhado com sua equipe ‘in loco’, e detectou que gestores públicos de Campo Grande têm enfrentado dificuldades no envio eletrônico de documentos e com isso um número significativo de processos estão deixando de ser encaminhados ao Tribunal de Contas. "A própria prefeitura demonstrou interesse e já procurou a diretoria geral da Corte de Contas alegando dificuldades nas remessas, em razão disso o treinamento será exclusivo para profissionais da Capital, prefeitura, câmara, bem como todas as secretarias, órgãos, fundações e autarquias municipais".

De acordo com a instrutora o treinamento será bem prático: "Tomamos como base as dificuldades e dúvidas apontadas pelos jurisdicionados ao formalizar os processos, como no cumprimento da legislação do Tribunal, dentre outras, a ideia é ministrar um curso trabalhando nos pontos específicos das dificuldades com um momento em que abriremos, ainda, espaço para perguntas".

O curso será ministrado no Auditório da ESCOEX, terça-feira, dia 26 de setembro, no horário das 13h às 18h e vai disponibilizar 108 vagas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Graciele Lacerda exibe corpão em foto e recebe enxurrada de elogios
PROVA ACONTECE AMANHÃ
Concurso da Educação terá reforço na segurança
BRASIL
eSocial já tem 24 milhões de trabalhadores cadastrados
490 EMPRESAS
Jucems registra em janeiro, melhor resultado em cinco anos
BRASIL
Após tragédia, futuro do Ninho do Urubu está indefinido
CAMPO GRANDE
Casa é queimada e morador acredita em fogo criminoso
PROVAS AMANHÃ
Agência orienta candidatos de concurso a não viajarem com transportadores clandestinos
CASO QUE CHOCOU
Homem que furtou corpo de cemitério disse ter ouvido vozes
BRASIL
Repasses de fevereiro a beneficiários do Bolsa Família vão até o dia 28
BELEZA NATURAL
Asfalto da MS-450 avança entre morros e potencializa o turismo na Estrada Ecológica

Mais Lidas

TRÂNSITO
Vídeo mostra acidente que matou duas pessoas em Dourados
TRÂNSITO QUE MATA
Dois morrem em colisão frontal em Dourados
DOURADOS
Jovem morre após troca de tiros com a polícia no Água Boa
JARDIM COLIBRI
Homem é executado na frente da mulher em Dourados