Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Teste físico para concurso da PM e Bombeiros será no domingo

24 maio 2019 - 13h50Por Da Redação

Para garantir tranquilidade para os 1.580 candidatos realizarem o Teste de Aptidão Física (TAF) neste domingo (26.5), o Parque dos Poderes estará interditado do início da manhã até as 10h. Eles participam do concurso público para preenchimento de vagas na Polícia Militar (PMMS) e Corpo de Bombeiros (CBMMS).

Nesses dias que antecedem a realização do TAF, os usuários do Parque dos Poderes devem ter atenção redobrada, pois muitos candidatos estão treinando nos horários de expediente dos órgãos públicos instalados no local, para conhecerem o trajeto da prova.

A região interditada será o entorno da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), no perímetro que compreende a Avenida do Poeta, entre a rotatória com a Rua Dr. Abdalla Duaillibi e a Avenida André Junqueira Fortes, e a Avenida Des. José Nunes da Cunha, entre a Avenida do Poeta e a Avenida André Junqueira Fortes, onde serão realizados os testes de corrida.

A interdição ocorrerá das 6h às 10h de domingo, período em que será permitido apenas o acesso de pessoas envolvidas no exame, como candidatos, equipe de trabalho e veículos utilizados para garantir a segurança do certame, como ambulâncias e carros de apoio.  

Todo processo de execução das provas envolverá aproximadamente 200 pessoas, e contará com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, além de outras agências governamentais que apoiarão direta e indiretamente a execução do evento.

No sábado (25.5) serão realizados os exercícios localizados específicos para cada cargo, que compreendem a etapa II prevista nos editais de convocação. A etapa será realizada na Uniderp Agrárias, situada na Rua Alexandre Herculano, n. 1.400, Bairro Taquaral Bosque.

Os testes serão aplicados por profissionais habilitados, sob a responsabilidade da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems), e supervisionado pela Comissão Organizadora, em conjunto com uma Comissão Técnica designada pelo Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS).

O resultado do TAF será expresso pelo conceito “apto” ou “inapto”. Segundo as normas estabelecidas em edital, caso o candidato seja considerado inapto no primeiro teste, não poderá realizar o teste subsequente. Serão eliminados do concurso, candidatos que não atingirem o desempenho mínimo exigido nos testes, ou que não comparecerem às avaliações.

Para ambas as etapas, recomenda-se que os candidatos se apresentem no local com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário previsto em edital, tendo em mãos o mesmo documento de identificação utilizado no ato da inscrição, e trajando vestes apropriadas para a prática de atividade física.

Mais informações podem ser obtidas na área do candidato no site da Fundação de Apoio a Pesquisa, ao Ensino, e a Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems), ou no edital de convocação disponível na edição nº 9.902 do DOE.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Sefaz-MS disponibiliza página de autoatendimento do IPVA na internet
PEDRO JUAN
Rapaz de 29 anos desaparece e carro é encontrado queimado na fronteira
FUTEBOL
Águia Negra é goleado pela Ferroviária e dá adeus a Copa do Brasil
EDUCAÇÃO
Fies: candidatos já podem acessar resultados no site do programa
NOVA ANDRADINA
Menino de 6 anos morre atropelado por carreta em avenida
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SAÚDE
‘Cassems Itinerante’ leva atendimento em Psiquiatria para Dourados e mais duas cidades
MANDADO DE PRISÃO
Em abordagem por pesca ilegal, PMA captura foragido da justiça
OPORTUNIDADE
Vale Universidade recebe inscrições a partir do dia 3 de março
LEGISLATIVO
Assembleia realiza audiência para apresentação de relatórios da Saúde

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira