Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017
ASSEMBLEIA

Seis projetos estão previstos para votação em plenário nesta quarta-feira

06 dezembro 2017 - 09h21

Os deputados estaduais devem votar nesta quarta-feira (6/12), seis proposições que tramitam na Assembleia Legislativa, sendo três delas em segunda discussão. O Projeto de Lei (PL) 089/2017, do Dr. Paulo Siufi (PMDB), dispõe sobre a obrigatoriedade das farmácias e drogarias manterem recipientes para coleta de medicamentos, cosméticos, insumos farmacêuticos e correlatos, deteriorados ou com prazo de validade expirado.

Hoje, a Lei 4.474, de 6 de março de 2014, prevê a obrigatoriedade apenas aos estabelecimentos privados. O projeto ainda institui a política de informação sobre os riscos ambientais causados pelo descarte incorreto, observando o seguinte requisito: devem os recipientes serem lacrados, de material impermeável, com abertura superior e específica para cada tipo de resíduo, a fim de que sejam realizados o depósito dos referidos produtos.

O PL 167/2017, da deputada Grazielle Machado (PR), cria o aplicativo Mulher Segura, para vítimas de maus tratos. Os casos recebidos serão direcionados para equipe de monitoramento, que acionará a viatura policial mais próxima para atendimento. E o PL 134/2017, do Poder Executivo, autoriza a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) a doar, com encargo, aos beneficiários do Programa de Interesse Social, imóveis em Coxim, Sidrolândia, Iguatemi e Amambai.

Três projetos estão pautados para primeira discussão. O PL 149/2017, do deputado Felipe Orro (PSDB), obriga os supermercados e estabelecimentos similares de varejo ou atacado a divulgarem a data de validade dos produtos alimentícios, por meio da inserção no código de barras.

O PL 258/2017 altera a redação do parágrafo 4º e acrescenta o parágrafo 5º ao artigo 2º da Lei 1.152, de 21 de junho de 1991. A proposta trata do mandato da Mesa Diretora do Conselho Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cesa). E o PL 259/2017 aprova, a título de reajuste setorial, os índices da tabela de subsídios da carreira de Perito Oficial Forense (POC-300), integrante das categorias funcionais do grupo Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEÃO
Receita Federal libera programa do IRPF na próxima segunda-feira
SAPUCAIA
Motociclista sem capacete morre após colidir em ônibus escolar
ECONOMIA
Bandeira tarifária segue verde, e conta de luz continua sem extra
BRASIL
Quase metade dos municípios ainda não prestaram contas de gastos com educação
EDUCAÇÃO
UFGD divulga lista dos aprovados na quinta chamada do Vestibular 2018
BONITO
Abertas inscrições para o XXIII Encontro de Apoio à Adoção
REALITY SHOW
Ameaçado, Diego vence prova do anjo e ganha poder no BBB18
COMPETIÇÃO
Porto Murtinho promove torneio de pesca neste final de semana
ECONOMIA
Dólar fecha em queda, mas acumula alta na semana
ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”

Mais Lidas

MS-276
Homem morre em acidente entre Indápolis e Lagoa Bonita
DOURADOS
Fundadora de creche vai à polícia após denúncia de agressão
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá
AVENIDA INDAIÁ
Baleada em assalto em Dourados passa por cirurgia