Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
ASSEMBLEIA

Seis projetos estão previstos para votação em plenário nesta quarta-feira

06 dezembro 2017 - 09h21

Os deputados estaduais devem votar nesta quarta-feira (6/12), seis proposições que tramitam na Assembleia Legislativa, sendo três delas em segunda discussão. O Projeto de Lei (PL) 089/2017, do Dr. Paulo Siufi (PMDB), dispõe sobre a obrigatoriedade das farmácias e drogarias manterem recipientes para coleta de medicamentos, cosméticos, insumos farmacêuticos e correlatos, deteriorados ou com prazo de validade expirado.

Hoje, a Lei 4.474, de 6 de março de 2014, prevê a obrigatoriedade apenas aos estabelecimentos privados. O projeto ainda institui a política de informação sobre os riscos ambientais causados pelo descarte incorreto, observando o seguinte requisito: devem os recipientes serem lacrados, de material impermeável, com abertura superior e específica para cada tipo de resíduo, a fim de que sejam realizados o depósito dos referidos produtos.

O PL 167/2017, da deputada Grazielle Machado (PR), cria o aplicativo Mulher Segura, para vítimas de maus tratos. Os casos recebidos serão direcionados para equipe de monitoramento, que acionará a viatura policial mais próxima para atendimento. E o PL 134/2017, do Poder Executivo, autoriza a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) a doar, com encargo, aos beneficiários do Programa de Interesse Social, imóveis em Coxim, Sidrolândia, Iguatemi e Amambai.

Três projetos estão pautados para primeira discussão. O PL 149/2017, do deputado Felipe Orro (PSDB), obriga os supermercados e estabelecimentos similares de varejo ou atacado a divulgarem a data de validade dos produtos alimentícios, por meio da inserção no código de barras.

O PL 258/2017 altera a redação do parágrafo 4º e acrescenta o parágrafo 5º ao artigo 2º da Lei 1.152, de 21 de junho de 1991. A proposta trata do mandato da Mesa Diretora do Conselho Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cesa). E o PL 259/2017 aprova, a título de reajuste setorial, os índices da tabela de subsídios da carreira de Perito Oficial Forense (POC-300), integrante das categorias funcionais do grupo Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO PAULO
Catedral de Campinas celebra missa em homenagem às vítimas de ataque
DOURADOS
Veículo com cigarro contrabandeado é apreendido
A GENTE RIU ASSIM
Dani Calabresa e Marcelo Adnet posam juntos em especial de humor
DINHEIRO PÚBLICO
Dourados é a 49ª do país em “transparência”, aponta CGU
DOURADOS
Alteração em lei define o que é publicidade para cobrança de taxa
BRASIL
Homem de 84 anos atingido por atirador em Campinas morre em hospital
SEGURANÇA PÚBLICA
Encontro discute combate à violência contra a mulher nos municípios de fronteira
LEGISLATIVO
Ordem do Dia: Orçamento 2019 e revisão do PPA aprovados em primeira
GERAL
Dourados e quatro cidades recebem ‘Cassems Itinerante’ nesta semana
AREZZO
Eu apoio o projeto Natal para Todos - Dourados Brilha

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto