Menu
Busca quinta, 24 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SICREDI
INDICAÇÕES

Secretário de Fazenda e deputado são indicados para vagas no TCE

07 novembro 2017 - 10h59Por Da Redação

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) enviou a indicação do atual secretário de Estado de Fazenda, Márcio Monteiro, para assumir vaga no TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul). O deputado Flávio Kayatt (PSDB), foi indicado pela Assembleia com a assinatura de 23 parlamentares. 

O deputado federal licenciado e companheiro de partido do chefe do Executivo foi indicado para o lugar de José Ricardo Cabral, que se aposentou no dia 6 de novembro, já Kayatt, que já foi prefeito de Ponta Porã, ao lugar de Marisa Serrano.

Segundo o presidente da Assembleia, deputado estadual Junior Mocchi (PMDB), as indicações serão transformadas num projeto de decreto legislativo, que será encaminhado à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e depois para votação em plenário.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE DOS CAMINHONEIROS
Quarto dia de bloqueio fecha 30 trechos em 21 cidades de MS
MARACAJU
Veículo abarrotado de cigarros contrabandeados é apreendido
DOURADOS
Grupo é flagrado marcando lotes durante invasão de área pública
CONFUSÃO
Cliente é agredido com socos por funcionário de posto de combustíveis
Os dois começaram a discutir e o frentista passou a atender outros clientes
DOURADOS
Mulher tem moto furtada no Jardim América
RURAL
Brasil recebe certificação de país livre da febre aftosa com vacinação
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Rixa antiga teria motivado atentado contra “zóio de gato”
VIOLÊNCIA URBANA
Ladrão da “faca de açougueiro” faz duas vítimas em Dourados
VELHICE
Sérgio Reis revela lista de doenças e diz que ficar velho é uma desgraça
OPERAÇÂO OIKETIKUS
Policial teria sido assassinado por contrabandistas de cigarro

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente na MS-270
RODOVIAS BLOQUEADAS
Greve dos caminhoneiros pode paralisar indústria em Dourados
MANIFESTAÇÃO
Caminhoneiros bloqueiam três trechos da BR-163 em Dourados
OPERAÇÃO OIKETIKUS
Gaeco volta às ruas contra "máfia do cigarro"