Menu
Busca domingo, 20 de maio de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE
É LEI

Sancionadas normas para o transporte de animais em coletivos de MS

12 setembro 2017 - 08h14

O transporte de animais domésticos e de cães-guia em veículos terrestres coletivos de passageiros está assegurado em Mato Grosso do Sul, desde segunda-feira (11). A nova norma foi sancionada e publicada pelo Poder Executivo.

A Lei 5.055/2017 dispõe sobre o transporte de animais em linhas regulares de coletivos intermunicipais e também em linhas urbanas desde que nestas não sejam transportados em horários de "pico", com maior fluxo de passageiros. Para efeito da lei serão considerados animais domésticos os cães e gatos.

Para ter o transporte, o proprietário do animal de estimação deverá estar com: "documento firmado por médico veterinário atestando as boas condições de saúde do animal, emitido no período de 15 dias antes da data de embarque; carteira de vacinação atualizada, na qual conste, ao menos, as vacinas antirrábica e polivalente; animal devidamente higienizado, com plaqueta de identificação em que conste o nome e o telefone do tutor ou do proprietário".

Os animais de até dez quilos poderão ir junto à cabine de passageiros, com a caixa ocupando uma poltrona custeada pelo tutor ou proprietário.

Os animais deverão ser transportados por no máximo seis horas seguidas, estar em caixas apropriadas ou similares durante toda a sua permanência no veículo, devendo ser transportados em local salubre, com ventilação, iluminação, em compartimento separado das bagagens e distante do motor do veículo, de modo que lhes ofereçam proteção e conforto.

Nos casos de urgência, a empresa transportadora deverá ter as condições técnicas, sem prejuízo à segurança e saúde dos passageiros e ainda a mesma poderá recusar o transporte, se apresentar documento emitido por médico veterinário justificando as razões que desaconselham o transporte. Apenas dois animais poderão ser transportados por vez, por veículo.

Cães-guia

Aos deficientes visuais está garantido o direito de ingressar e permanecer nos transportes com seus cães-guias, independentemente de peso do animal ou pagamento de tarifa. Será assegurado o assento mais amplo, com maior espaço livre à sua volta ou próximo ao corredor. O animal deverá estar identificado e o proprietário deverá apresentar documento que comprove o treinamento do cão, expedida por centro ou instrutor, com o devido número de inscrição de CNPJ ou CPF do treinador e também a carteirinha com foto do cão e do usuário deficiente visual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Homem é encontrado desacordado, nu e ferido após ter casa invadida
PONTA PORÃ
Imagens de satélite denunciam e fazendeiro é multado em R$ 21 mil por desmatamento ilegal
BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
BRASILEIRO
Novo e Corumbaense entram em campo pela sobrevivência na Série D
VILA PLANALTO
Homem tem caminhonete furtada na Mato Grosso
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro
FAMOSOS
Anitta troca carinhos com o marido nos bastidores de show nos EUA
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
GELAAAADO
Dourados tem temperatura abaixo de 10ºC em dia mais frio do ano

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado por pistoleiros em "Favelinha" de Ponta Porã
AMAMBAI
Polícia apreende mais de três toneladas e maconha na fronteira
DOURADOS
Polícia civil de Dourados registra quatro assaltos em 24 horas
PARAGUAI
Homem é enforcado e tem corpo abandonado em estrada vicinal