Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
VISITA DO MINISTRO AO MS

Renato Câmara oficializa pedido de suspensão da NR-12 ao ministro Mangabeira Unger

08 julho 2015 - 19h45

O deputado Renato Câmara oficializou ao ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger, o pedido de suspensão da NR -12 (Norma regulamentadora). O objetivo é diminuir o custo de produção das empresas regulamentadas pela norma, evitando fechamentos e maior desemprego.
A normativa n° 12 é uma matéria federal que define referências técnicas e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores. A norma estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos, até mesmo à sua fabricação, importação e comercialização em todas as atividades econômicas.

Apesar de ser uma norma federal, possui diversas implicações locais, conforme relatos da Federação das Associação Comerciais do Estado e da Associação Comercial de Dourados (ACED). A Portaria que alterou a NR- 12, foi publicada em dezembro de 2010 e entrou em vigor a partir de junho de 2013.

A NR-12 traz à tona uma série desafios a serem superados, como o fornecimento de peças para adequação das máquinas, a não existência de um selo que indique se o equipamento comprado pela empresa atende ou não os requisitos na norma, entre outros. Ainda, muitos desses equipamentos são adquiridos com recursos do FCO pelas empresas: são aprovados para financiamento e depois de instalados, reprovados por não atender a norma regulamentadora.

Para o deputado Renato Câmara a NR-12 é um grande avanço para o trabalhador, mas nesse momento de crise a norma dificulta e encarece ainda mais o custo de produção das empresas. “A normativa causa inúmeros encargos financeiros aos empreendedores, prejudicando a manutenção do lucro e até mesmo do emprego do trabalhador. Reconheço a importância da norma, mas passamos por um momento de crise financeira nacional e a suspensão temporária ajuda a diminuir os custos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é morto a facada e testemunha presa por não pagar pensão
BRASIL
Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares
RIO BRILHANTE
Dupla é flagrada com mais de 100 quilos de maconha em veículo

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
DOURADOS
Jovem é preso por tráfico internacional na rodoviária