Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
ALTA PRESSÃO

Quatro empresas são autuadas em fiscalização a comércio de armas de fogo

16 abril 2019 - 16h05Por Da Redação

O Exército Brasileiro, por meio da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC), realizou de 9 a 12 de abril, a oitava edição da Operação Alta Pressão. A atividade teve por finalidade intensificar a fiscalização do comércio de armas de fogo e munições.

As organizações militares que compõem o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar (SisFPC/9) empregaram 11 equipes, compostas por 45 militares próprios, e apoiados por integrantes da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e agentes da Policia Federal e da Receita Federal.

Durante a operação, foram realizadas 49 fiscalizações, resultando na autuação de quatro empresas, por não estarem atendendo à legislação vigente.

As atividades de fiscalização, realizadas ao longo do ano, visam a promover a adequação e a correção das empresas registradas, quanto ao trato dos Produtos Controlados pelo Exército (PCE), coibindo os possíveis desvios para utilização em atividades ilícitas e colaborando, decisivamente, com o incremento da percepção da segurança pública. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Junho teve a maior temperatura já registrada para o mês no planeta
ECONOMIA
Dólar termina a semana em alta, de olho em projeções sobre juros nos EUA
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Ex-prefeito terá que devolver dinheiro pago em licitação sem nota fiscal
JUSTIÇA
Desembargadores mantêm regime semiaberto para motorista embriagado
ARTIGO
Como transformar uma casa em lar
BRASIL
Montezano: prioridade é abrir caixa-preta do BNDES
ESTATAL
Após fechar agências em MS, Correios renova frota de furgões
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
ESTÉTICA
Conheça um pouco mais sobre o Microagulhamento
POLÍTICA
“A gente precisa mendigar apoio”, diz vereador sobre falta de representatividade em Brasília

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso