Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
MATO GROSSO DO SUL

Projeto sobre proibição de canudos de plástico pode ser votado nesta quarta-feira

26 junho 2019 - 09h21Por Da Redação

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul (ALMS) devem apreciar quatro matérias na Ordem do Dia desta quarta-feira (26). Em primeira discussão constam duas proposições. O Projeto de Lei 130/2018, do deputado Pedro Kemp (PT), dispõe sobre a proibição de fornecimento de canudos confeccionados em material plástico, no âmbito de Mato Grosso do Sul.

As comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Defesa dos Direitos do Consumidor deram pareceres favoráveis por unanimidade para a proposta.

Já o Projeto de Lei 33/2014 concede benefícios aos proprietários de veículos com placas de Corumbá e Ladário que transitam sobre a Ponte do Rio Paraguai e dá outras providências. O objetivo é proporcionar desconto de 50% sobre a tarifa de pedágio cobrado dos veículos especificados. De autoria do deputado Lidio Lopes (PATRI), a matéria tem parecer favorável por maioria da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração e parecer contrário por maioria da Comissão de Finanças e Orçamento.

Outras duas propostas devem ser apreciadas em primeira discussão. O Projeto de Lei 108/2019, do deputado Professor Rinaldo (PSDB), dispõe sobre a divulgação da Lei do Minuto Seguinte na rede de saúde pública - que prevê que todos os hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) devam prestar atendimento humanizado e imediato às pessoas vítimas de ato sexual não consentido. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) é favorável por unanimidade pela tramitação da iniciativa.

Com o intuito de institui o Dia Estadual de Combate à Mortalidade Materna, está pautada a votação do Projeto de Lei 133/2019, do deputado Eduardo Rocha (MDB). A proposta também obteve parecer favorável por unanimidade da CCJR. O projeto prevê a promoção de campanhas de conscientização da população sobre as causas da mortalidade materna, bem como a divulgação dos locais onde a gestante pode receber atendimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Eduardo Bolsonaro é indicado novo líder do PSL na Câmara do Deputados
UEMS
Terminam hoje as inscrições do workshop “Redação de Patentes - Além dos Guias”
JUDICIÁRIO
Supremo julga nesta quinta-feira prisão após segunda instância
DINHEIRO NOVO
Pagamento do Pis/pasep aos nascidos em outubro começa nesta quinta
SÃO PAULO
Carreta carregada com material bélico do Exército tomba na divisa com MS
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
INVESTIMENTO
MEC vai liberar mais R$ 43 milhões para 96 obras em universidades
UEMS
Semana Técnica de Computação acontece de 21 a 25 de outubro
SAÚDE
Senado aprova obrigação de exame em 30 dias para diagnóstico de câncer
FERRAMENTA
Banco do Brasil lança cartão para escolas públicas comprarem merenda

Mais Lidas

POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira