Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
COMPETITIVIDADE

Projeto que reduz o ICMS sobre o diesel tem parecer aprovado pela CCJR da Assembleia

23 junho 2015 - 15h45

A CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) aprovou nesta terça-feira (23) o parecer favorável ao Projeto de Lei 93/2015, do Poder Executivo, que trata sobre a redução na alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do óleo diesel.

O PL deu entrada na ALMS dia 17 de junho e segue em tramitação em regime de urgência a pedido do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para que, se aprovado pelos deputados em plenário, passe a vigorar a partir de 1º de julho. O objetivo é tornar as operações internas com óleo diesel, até 31 de dezembro de 2015, sujeitas à incidência de ICMS, com alíquota de 12%.

A expectativa é de que a renúncia fiscal fomente o consumo de combustível em Mato Grosso do Sul. “Vamos fazer um teste no período de seis meses e verificar como se comportará o mercado. Após esse prazo espero que tenhamos incrementado o abastecimento no Estado, fomentando também a reabertura de postos nas rodovias e assim poderemos avaliar a permanência da redução”, ressaltou Azambuja quando apresentou o projeto.

A comissão ainda aprovou os pareceres favoráveis ao PL 86/2015, de autoria de Maurício Picarelli (PMDB), que dispõe sobre a prestação de informações aos portadores de doenças crônicas ou graves, afastados por este motivo, sobre o tratamento das mesmas, e ao PDL 07/2015, do Executivo, que ratifica os convênios do ICMS e ajustes do Sinief (Sistema Nacional de Informações Econômicas e Fiscais), celebrados pelo Confaz (Conselho Nacional de Políticas Fazendárias).

Também seguem em tramitação pela Casa de Leis devido à aprovação do parecer favorável o PL 83/2015, de Grazielle Machado (PR), que declara de utilidade pública estadual o Instituto São João Maria Vianey, localizado em Dourados; o PL 84/2015, de Barbosinha (PSB), que dispõe sobre a obrigatoriedade da divulgação do número de telefone do órgão responsável pela manutenção da iluminação pública municipal nas faturas de energia elétrica enviada aos usuários; o PL 80/2015, de Cabo Almi (PT), que obriga comércios que vendem produtos alimentícios para consumo no local a instalar recipientes com álcool gel aos clientes.

Os projetos de resolução de Pedro Kemp (PT), que concede Título de Cidadão Sul-mato-Grossense a Dom Dimas Lara Barbosa e Eurize Caldas Pessanha, e de Felipe Orro (PDT), que concede o mesmo título a Marcos Estevão dos Santos Moura, também tiveram pareceres favoráveis aprovados pela CCJR. Na reunião de hoje, outros dez projetos foram distribuídos para relatoria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luisa Sonza relata críticas após procedimento: 'Acharam feio'
MEDIDA
ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico
LADÁRIO
Três pessoas ficam feridas em capotagem de carro
INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor
BRASIL
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados