Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
CAMAPUÃ

Projeto de irrigação submersa implantado em MS é o maior do País

12 novembro 2019 - 12h50Por Da Redação

O Secretário Jaime Verruck recebeu nesta segunda-feira (11) na Semagro, o produtor Sérgio Petrella e seu filho Bruno, proprietários da Fazenda Luzinha, de Camapuã, onde funciona o maior projeto de irrigação submersa do País, e que já foi apresentado na Semagro pelos empresários da Netafim, empresa israelense de irrigação inteligente, responsável pelo projeto.

“É um projeto que é uma referência, e simboliza o que Mato Grosso do Sul busca, que é a intensificação e a melhoria das condições de produção, com tecnologia e inovação”, Afirmou Jaime, lembrando que o projeto já possui as outorgas necessárias e o Estado vem colaborando para sua plena ativação.

O projeto de irrigação na Fazenda Luzinha, surgiu após Sérgio implantar com sucesso um sistema de integração lavoura-pecuária na intenção de reformar pastos na propriedade. “Com os resultados decidi buscar projetos de irrigação para intensificar a atividade com ILP na Fazenda, e após visitar vários países conheci o projeto da Netafim que implantamos com investimento aproximado de 8 milhões numa área de trezentos hectares”.  Explicou.

No encontro, Sergio comentou sobre a receptividade do Prefeito Delano Huber, no município, (e que o acompanhou neste encontro) e do Governo do Estado, por parte da Semagro, onde o Secretário Jaime o recebeu junto do Superintendente Rogério Beretta. O produtor também comentou sobre uma apresentação que pretende organizar futuramente na propriedade reunindo produtores interessados na tecnologia.

Delano comentou sobre os investimentos de Petrella em Camapuã e a forma como estes agregam valor ao município que tem um modelo de irrigação inédito no Estado.

A Netafim, que iniciou suas atividades em Israel nos anos 60, tentando cultivar no deserto do Negev, em condições extremas, combina irrigação inteligente, conhecimento agronômico e inovação para ajudar agricultores a cultivarem mais de qualquer cultura, em qualquer clima, usando menos. Com mais de 4.300 colaboradores, 29 filiais e 17 fábricas em todo o mundo, já irrigou até hoje mais de 10 milhões de hectares de terra, e produziu mais de 150 bilhões de gotejadores para mais de dois milhões de agricultores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem foi morto pela esposa com facada no peito
LOTE URBANIZADO
Agência suspende licitação para construir 190 bases habitacionais em Dourados
APÓS FESTA OPEN BAR
Acusado de matar menor em Dourados é preso no Mato Grosso após 4 anos
SAÚDE
Estado renova por R$ 4,2 milhões com grupo que gerencia hospital em Dourados
BRASIL
STF pode voltar a discutir hoje compartilhamento de dados da UIF
LEGISLATIVO
Deputados devem apreciar oito matérias durante a Ordem do Dia desta terça-feira
DOURADOS
Em 10 dias, dezembro acumula um quarto da chuva prevista para o mês
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado pela esposa em Dourados
TRÂNSITO QUE MATA
Idoso morre cinco dias após ser atropelado em Dourados
ARTIGO
Dourados precisa de um mercado municipal

Mais Lidas

ARQUITETURA & DESIGN
Conheça o portifólio do escritório FA+MC ARQUITETURA e surpreenda com a qualidade e requinte dos nossos projetos!
DOURADOS
Travesti é assaltada por dupla de bicicleta no Centro
ESPORTE
Sul-mato-grossenses destacam-se na Copa Brasil de Wrestling
PARANHOS
Retroescavadeira furtada no Paraná é recuperada em MS