Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221
SEGURANÇA PÚBLICA

Programa Escola Segura, Família Forte reforça a segurança nas escolas em MS

16 março 2019 - 08h45Por Da Redação

O programa Escola Segura, Família Forte, desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) tem realizado rondas ostensivas e preventivas em 60 escolas municipais e estaduais da Capital, com objetivo de garantir segurança para estudantes, professores e pais nos locais de ensino e aos arredores. O Programa é desenvolvido há mais de um ano, ao todo são 20 policiais militares e cinco viaturas, que atendem exclusivamente essas unidades de ensino.

Para se ter uma ideia o policiamento escolar que é desenvolvido pela Polícia Militar, realizou em 16 dias letivos do mês de fevereiro deste ano, na Rede Municipal de Ensino, 192 visitas à direção de escolas, três palestras e 97 abordagens fora do ambiente escolar. Já na Rede Estadual de Ensino em seis dias letivos, foram 78 visitas à direção de escolas, duas palestras, 56 abordagens fora do ambiente escolar, entre outras ações.  

O coordenador do projeto Escola Segura, Família Forte, Valson Campos, explica que com a ronda escolar e o contato direto dos diretores com a polícia o ambiente escolar se tornou mais seguro para os alunos, familiares e todo entorno da escola. Conforme avaliação feita com os dirigentes das escolas atendidas em relação à relevância do Programa para a sua unidade de ensino, a nota média é de 9,28.

“Hoje com o programa funcionando, podemos analisar algumas situações que aconteciam por falta de policiamento especializado, e agora com um projeto específico, com as viaturas caracterizadas e a interlocução de todas as policias, os resultados são excelentes. As atividades e ocorrências registradas durante o mês de novembro, por exemplo, nas escolas da rede estadual foram um total de 148 ocorrências prontamente atendidas”, destaca o coordenador.

Campos ainda explica que a meta tem sido atuar não só na resolução de delitos, mas também na prevenção. “Fazemos um papel preventivo; se tem ameaça de briga, que os pais ou professores informaram para a direção da escola, a ronda é acionada para fazer a segurança na saída dos alunos e não ter briga”, relata.

O Escola Segura, Família Forte já conquistou prêmio internacional por sua metodologia de trabalho. Ele foi selecionado entre os nove vitoriosos dentre mais de 90 projetos de toda a América Latina pela I Convocatória Internacional de Avaliação de Impacto – processo de seleção da Corporação Andina de Fomento (CAF), Banco de Desenvolvimento da América Latina semelhante ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para receber uma consultoria gratuita por três anos. No fim de 2019 deve ser apresentada a avaliação do programa, que irá permitir a extensão e ampliação das escolas atendidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Continuam abertas as inscrições para eleição de conselheiros tutelares
DOMINGO
Para teste físico de concurso, Parque dos Poderes será interditado
DOURADOS
Doadores de “sábado” no Hemocentro falam sobre mais tranquilidade para o gesto de solidariedade
ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia
VELOCIDADE
Lewis Hamilton garante a pole para o GP de Mônaco de Fórmula 1
REITOR
Justiça Federal cassa liminar e lista tríplice da UFGD volta a valer
HOJE
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
MS
Carga de cigarro avaliada em R$ 1,5 mi é apreendida na MS-345
POLÍTICA
Ricardo Ayache assume o comando do PSB em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã