Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Professor da Unigran lança livro sobre proteção dos direitos dos autistas

13 setembro 2019 - 06h35Por Da Redação

O professor do curso de Direto da Unigran, Ademos Alves da Silva Jr., lançou o livro ‘Processo Judicial e a proteção dos direitos dos Autistas’, durante a 40ª edição da Semana Jurídica da instituição. O tema é atual e, com o livro, a intenção é mostrar para a sociedade que o portador da síndrome deve ser tratado com o respeito que merece. 

“A ideia desta obra surgiu durante minha pesquisa do mestrado, também por envolver uma questão pessoal, já que eu tenho um filho autista. Então, esse livro tem como finalidade alertar a possibilidade da atuação da jurisdição para a defesa dos direitos dos autistas”, explica Ademos. 

O autismo é um problema de ordem psiquiátrica que costuma ser identificado ainda na infância, entre um ano e meio e três anos. 

Há mais de 15 anos atendendo crianças, a psicóloga Lillian Spessatto afirma que a síndrome não possui causas totalmente conhecidas, mas que existem algumas evidências de predisposição genética para que ela ocorra, apesar de algumas vezes ser difícil detectar. 

“Os sinais do autismo algumas vezes podem ser percebidos logo nos primeiros meses de vida da criança, mesmo quando a criança ainda não fala. Um exemplo bem característico é quando o bebê, não mantém contato visual com ninguém, inclusive durante a amamentação, porém não é uma regra. Já durante a primeira infância algumas características podem ser levadas em consideração para o diagnóstico, entre elas inquietação, apatia, pouca vontade de se comunicar e movimentos repetidos no tronco, cabeça e membros”, diz Spessatto.  

O livro foi escrito para ajudar principalmente na busca pelo tratamento médico multidisciplinar de quem é autista. “De forma geral as pessoas com autismo não conseguem esse tratamento pela rede pública e contratam um plano de saúde que em geral nega esse atendimento qualificado e, apenas através de ação judicial, que esses tratamentos são devidamente realizados, a partir da atuação do Poder Judiciário. Então a obra trata especificamente sobre isso: noções gerais sobre o autismo, o processo judicial como mecanismo de proteção e também a percepção a partir de contratação de planos de saúde que em geral negam o atendimento qualificado e multidisciplinar”, ressalta Ademos Alves da Silva Jr. 

Ainda segundo o professor, lançar esse livro foi um marco na carreira e vida pessoal. “Lançar essa obra durante a Semana Jurídica é uma satisfação, eu sou formado pela Unigran, nascido nesta casa, então é muito gratificante e pra mim é uma honra fazer parte desse todo”, finaliza o professor Ademos. 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores
PONTA PORÃ
Homem tenta agarrar atendente e é preso por importunação sexual
EDUCAÇÃO
UEMS publica terceira Chamada da Lista de Espera do Sisu
COXIM
Investigado por estuprar crianças, idoso usava presentes para atrair vítimas
FUTEBOL
MP libera estádio de Maracaju, mas com limite de até mil torcedores
ERRO
Motociclista executado na Capital pode ter morrido por engano
CARNAVAL
Sete escolas abrem nesta sexta desfile do Grupo Especial de São Paulo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia