Menu
Busca terça, 23 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
AÇÃO

Procon notifica concessionária que encerrou atividades na Capital

01 novembro 2017 - 17h35

Reclamações de consumidores prejudicados com o fechamento repentino da concessionária da marca Renault na Capital levaram a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), a notificar a empresa a prestar esclarecimentos.

A concessionária Buritis, revendedora dos veículos da marca Renault, foi fechou no fim do mês de setembro deste ano.

As fornecedoras Renault do Brasil S.A. e Doeler Distribuidora de Veículos Ltda. foram notificadas pelo Procon, nesta semana, a apresentarem esclarecimentos no prazo de 10 dias. A notificação foi expedida nessa terça-feira (31.10).

Conforme um dos relatos que chegou ao Procon, o consumidor adquiriu um automóvel seminovo em fevereiro deste ano na concessionária Buritis e, ao procurar a loja, foi informado de que não há nenhuma autorizada para manutenção.

O veículo está com problemas no freio e o consumidor ressalta que passou a quilometragem para fazer a revisão. A empresa o orientou a fazer a manutenção em Dourados ou Rondonópolis.

Segundo o superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, as empresas foram notificadas a esclarecer as razões do encerramento repentino das atividades, se o encerramento é provisório ou definitivo e se há alguma tratativa que possibilite a continuidade dos serviços prestados na Capital.

São direitos básicos do consumidor ter informação adequada sobre produtos e serviços

A empresa deverá informar os procedimentos a serem observados para suporte técnico, inclusive, quanto à realização das revisões contratualmente exigidas para que aos consumidores seja assegurada a manutenção das garantias oferecidas pelo fabricante. Mesmo com a exigência de que as revisões sejam realizadas apenas em oficinas da rede autorizada para manutenção da garantia, não foram oferecidas opções viáveis aos consumidores.

O Procon questiona as medidas operacionais adotadas para suprir a demanda local e alternativas para suporte e atendimento técnico, como a designação de outra oficina formalmente credenciada pelo fabricante. Caso o fechamento tenha sido definitivo, as empresas deverão informar quais os direitos assegurados aos consumidores diante da falta de concessionária autorizada para o atendimento e as medidas que serão implementadas para o fornecimento de orientação aos consumidores prejudicados.

Cópia da notificação foi encaminhada para o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Consumidor (MP/MS) para ciência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ORIENTAÇÃO
Transporte de pessoas no MS exige novas validações
FUTEBOL
Federação define datas e horários das finais do Estadual Feminino
GERAL
Amarildo Miranda Melo é reconduzido à presidência do Sinduscon
FAMOSOS
Carta sobre fim de Fátima Bernardes e William Bonner emociona apresentadora
EM DOURADOS
Assessoria Sindical da Fiems orienta contadores sobre eSocial
SAÚDE
Sinais e Sintomas de câncer em adolescentes
FUTEBOL DE MS
MPE libera Morenão para a disputa da Série B
POLÍTICA
Mentor de Odilon, Dagoberto diz que Bolsonaro é incompetente e não serve para ser prefeito
SUL
Casarões coloridos abrigam espaços culturais, mercados e museus em Paranaguá
JOGOS ESCOLARES
Jems e Jojums: Representantes de MS nas individuais foram definidos no fim de semana

Mais Lidas

OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
DOURADOS
Ação contou com apoio de 4 delegacias da Capital e cumpriu mais de 40 mandados de prisão
DOURADOS
Dupla é presa suspeita de pelo menos 30 furtos em comércios
SIDROLÂNDIA
Homem é preso em Dourados pela morte de idoso em assentamento