Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
REUNIÃO

Procon cobra maior agilidade de atendimento em agências bancárias

23 agosto 2019 - 10h24Por Da Redação

Reunião realizada na sede da Superintendência para Orientação e  Defesa do Consumidor (Procon-MS), da  qual participaram representantes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú/Unibanco, Santander e Sicredi – União e Campo Grande – teve como objetivo a apresentação, pelos organismos de crédito,  de  providências que vêm sendo tomadas no sentido de promover melhorias no relacionamento com os clientes que, em última análise, são consumidores.

Liderado pela superintendente em substituição legal,  advogada Patrícia Mara da Silva,  o encontro contou com participação dos também advogados Erivaldo Marques (da assessoria jurídica) e  Rodrigo Vaz (coordenador de atendimento, orientação e fiscalização) além de Ana Cecilia Negreiros Duncan Machado, integrante da equipe de fiscalização do órgão estadual que, tendo demonstrado que o consumidor permanece insatisfeito e se sentindo prejudicado no relacionamento com as agências bancárias, debateram  as  soluções em fase de implantação.

Para o representante da Febraban. Evandro Ziliani, “há preocupação de parte das organizações de crédito em promover um estreitamento de relações de maneira a trazer alternativas que minimizem o problema, que sabemos existir. Para tanto estão em andamento várias ações em cada integrante da rede bancária. Nosso foco está em fortalecer os entendimentos e ponderar para que possamos chegar à otimização dos serviços”.

Durante a reunião foi aberta a palavra para o posicionamento de todos os estabelecimentos de crédito representados. Após as discussões e avaliações houve a conclusão de que alguns avanços ocorreram, entretanto, várias transgressões às normas de relacionamento ainda são registradas, o que motiva o consumidor a realizar denúncias e reclamações, mobilizando a fiscalização e, via de regra, termina em autuação.

Apesar das “justificativas” o Procon Estadual cobrou mais agilidade na busca de soluções. O Procon é órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Alvo da PF, Bezerra põe o cargo de líder do governo no Senado à disposição
CRIME AMBIENTAL
Grupo é multado em quase R$ 300 mil por desmatamento ilegal
QUEIMADAS
MS recebe suporte do Governo Federal para combate aos incêndios
TEMPO
Pancada de chuva não ameniza e ‘calorão’ continua em Dourados
BRASIL
Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas
COETRAE-MS
Comissão para tratar da erradicação do trabalho escravo é instituída em MS
DOURADOS
Seminário sobre suicídio e violência na população LGBTs+ contou com três palestras nesta quinta
MS
Homem é autuado em R$ 107 mil por desmatamento ilegal
BRASIL
Aluno de 14 anos esfaqueia professor em escola na zona leste de SP
SELEÇÃO BRASILEIRA
Tite chama amanhã jogadores para amistosos de outubro

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção