Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Previdência: Azambuja diz que é preciso cortar privilégios do setor público

07 setembro 2017 - 09h45

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou na quarta-feira (6) durante entrevista à Rádio Capital, de Campo Grande, que é necessário cortar alguns privilégios do setor público. A fala se deu após questionamentos sobre a Reforma da Previdência proposta pelo governo federal e que tramita no Congresso.

Na opinião do chefe do Executivo sul-mato-grossense, a sociedade brasileira tem pagado os custos de poucos.

"Nós não queremos uma reforma para tirar direito de ninguém, mas é preciso cortar privilégios, mas não para aquele aposentado do INSS, e sim para o funcionalismo público, para os poderes constituídos. Temos um grupo de privilegiados e a sociedade brasileira paga esse custo", disse o governador.

Ainda segundo Azambuja, dados do Orçamento Geral da União mostra que, 56% do que é arrecadado no país é usado para cobrir o teto da previdência. "É um valor que é destinado aos privilegiados e não aos aposentados. Será que a sociedade brasileira vai aguentar pagar isso?", questionou.

O governador citou que mesmo sendo um Estado "jovem", Mato Grosso do Sul tem um alto déficit previdenciário.

"Mato Grosso do Sul é um estado jovem, tem 40 anos e o déficit da previdência esse ano, entre o que a gente paga e arrecada, dá uma diferença de R$ 1,250 bilhão, e esse é o dinheiro do tesouro, da sociedade sul-mato-grossense. Esse dinheiro deveria ser investido", resumiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ousada! ex-BBB Natália Casassola posa nua em barco
FRONTEIRA
Jovem é surpreendido por pistoleiros e executado com nove tiros
ENCONTRO
Evento reúne pesquisadores de olericultura e horticultura em Bonito
BATAGUASSU
PRF apreende em rodovia de MS 50 armas de fogo e mais de mil munições
MOEDA DIGITAL
Ronaldinho Gaúcho lança sua própria criptomoeda e inicia vendas
SUMIÇO
Após 4 dias família localiza manicure com carro quebrado em fazenda
MERENDA
Resolução fixa preços de alimentos adquiridos pelas escolas Estadual
PISCA
Líder do PCC no Paraguai, traficante brasileiro é preso em Assunção
NÚMERO ASSUSTA
Ministério confirma 677 casos de sarampo em seis estados brasileiros
TRÊS LAGOAS
Colisão entre carro e ônibus mata criança e fere quatro na BR-262

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo