Menu
Busca terça, 22 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Previdência: Azambuja diz que é preciso cortar privilégios do setor público

07 setembro 2017 - 09h45

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou na quarta-feira (6) durante entrevista à Rádio Capital, de Campo Grande, que é necessário cortar alguns privilégios do setor público. A fala se deu após questionamentos sobre a Reforma da Previdência proposta pelo governo federal e que tramita no Congresso.

Na opinião do chefe do Executivo sul-mato-grossense, a sociedade brasileira tem pagado os custos de poucos.

"Nós não queremos uma reforma para tirar direito de ninguém, mas é preciso cortar privilégios, mas não para aquele aposentado do INSS, e sim para o funcionalismo público, para os poderes constituídos. Temos um grupo de privilegiados e a sociedade brasileira paga esse custo", disse o governador.

Ainda segundo Azambuja, dados do Orçamento Geral da União mostra que, 56% do que é arrecadado no país é usado para cobrir o teto da previdência. "É um valor que é destinado aos privilegiados e não aos aposentados. Será que a sociedade brasileira vai aguentar pagar isso?", questionou.

O governador citou que mesmo sendo um Estado "jovem", Mato Grosso do Sul tem um alto déficit previdenciário.

"Mato Grosso do Sul é um estado jovem, tem 40 anos e o déficit da previdência esse ano, entre o que a gente paga e arrecada, dá uma diferença de R$ 1,250 bilhão, e esse é o dinheiro do tesouro, da sociedade sul-mato-grossense. Esse dinheiro deveria ser investido", resumiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Luize Altenhofen posa de topless e se refresca em piscina
CONCENTRAÇÃO DE RENDA
Patrimônio dos 26 mais ricos do mundo equivale ao da metade mais pobre
CAMPO GRANDE
Quadrilha que roubou e agrediu idoso de 76 anos é presa na Capital
MANIFESTAÇÃO
Procuradores do MPT participam de ato em defesa da Justiça do Trabalho
INSCRIÇÕES
Matrículas para curso preparatório da Esmagis terminam dia 2
ECONOMIA
Após Mato Grosso, Goiás decreta estado de calamidade financeira
UFGD
Avaliação técnica dos músicos para Orquestra será em nova data
JARDIM
Adolescente suspeito de espancar e esfaquear pintor até a morte é detido
SEGUNDA SAFRA
Com expectativa de aumento da produção, começa plantio de milho
TJ/MS
Mulher é condenada por proferir ofensas e xingamentos em público

Mais Lidas

IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros
DOURADOS
Rapaz é agredido com garrafa quebrada e acaba internado em estado gravíssimo no HV
BR-262
PRF aponta “erro” em divulgação de suicídio como causa de acidente com três mortes
POLÍCIA
Presos por sequestro em Ivinhema são identificados na Defron