Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
AMAMBAI

Prefeitura encerra hoje inscrições para 67 vagas e salários de até R$ 1.800

02 outubro 2017 - 10h25Por Da Redação

A prefeitura de Amambai, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai, prorrogou as inscrições para o processo seletivo com 67 vagas e mais cadastro de reserva para professores.

As inscrições terminaram na última sexta-feira, dia 22 de setembro, mas foram prorrogadas até 23h59 desta segunda-feira, dia 02 de outubro. De acordo com o edital, o processo seletivo visa à contratação de pessoal, em caráter excepcional e temporário, em postos de trabalho, para o ano letivo de 2018/2019. O salário inicial é de R$ 1.203,99 ou R$ 1.809,97.

As inscrições para o processo seletivo deverão ser realizadas, via Internet, no endereço eletrônico. As vagas são para professores da zona urbana e de aldeias indígenas.

A prova objetiva, de caráter classificatório, será realizada na cidade de Amambai, com data provável de realização no dia 29 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PISO SALARIAL
Professor de Dourados ganha quase o dobro do nacional, garante prefeitura
LAVA JATO
STF começa julgamento de ação penal contra Gleisi e Paulo Bernardo
IMUNIZAÇÃO
A três dias do fim, campanha de vacinação contra a gripe ainda precisa alcançar 10,8 milhões de pessoas
FUTEBOL
Senegal aproveita bobeiras da Polônia e vence em Moscou
INCLUSÃO
Lei inclui servidores de ex-territórios nos quadros da União
LEGISLATIVO DE MS
Projeto obriga hospitais e maternidades a orientar pais para primeiros socorros
BRASILEIRÃO
Dois jogos abrem rodada da Série B nesta terça
DOURADOS
Bombeiros são acionados para combater incêndio na Linha do Potreirito
EDUCAÇÃO
ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26
DOURADOS
Câmara aprova projeto sobre eleições de diretores em escolas municipais

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito