Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
COSTA RICA

PMA apreende carreta com madeira ilegal e multa empresa em R$ 9,3 mil

24 junho 2015 - 12h18

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica (MS) realizavam fiscalização na rodovia MS 306, na altura do km 24 e apreenderam ontem (23) uma carreta com carga irregular de madeira serrada. A apreensão ocorreu durante abordagem da carreta, que transportava 31,2 m³ de madeira serrada em pranchões, caibros e pranchas e o itinerário contido na documentação ambiental não constava as cidades de Mato Grosso do Sul, que o veículo passaria o que é ilegal e permite a apreensão e autuação.

A carreta com a madeira pertencente a uma empresa de Juruena (MT), de onde saiu com destino a Ouro Verde (SP) foi apreendida com a carga. A empresa infratora foi multada em R$ 9.300,00.

O material apreendido e o veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Moto é furtada 30 minutos após homem estaciona-la em conveniência
OPINIÃO
O meio ambiente e as mazelas da sociedade contemporânea, por Douglas Martins
SAÚDE
Cabelos brancos demandam cuidados específicos?
OPORTUNIDADE
Fundação do Trabalho tem aumento de 51% no número de pessoas encaminhadas para o mercado
MINAS GERAIS
Histíoria e religião: conheça um pouco da cidade de Ouro Preto
CRIME AMBIENTAL
Três são multados por desmatamento e maus-tratos na criação de animais
TRÊS LAGOAS
Sem CNH e bêbado, homem não consegue fazer teste do bafômetro
MODA
Esporte nas ruas: saiba como introduzir as roupas fitness no seu dia a dia
SHOWBIZZ
Saiba detalhes da separação envolvendo José Loreto e Débora Nascimento
COMER BEM
Bolinho de pamonha: receita prática de petisco

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura