Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

PMA apreende 700 metros de espinhéis e 144 anzóis de galho

16 outubro 2017 - 10h25Por Da Redação

Durante fiscalização fluvial no rio Apa na operação Pesque Legal, realizada pela PMA, Semagro e Imasul, dentro da operação Pacificador 67 (PMMS), Policiais Militares Ambientais de Bela Vista apreenderam diversos petrechos de pesca ilegais.

Durante a fiscalização de ontem (14) e hoje (15), a equipe localizou e retirou do rio Apa, seis redes de pesca, uma tarrafa, nove espinhéis, medindo 700 metros, com 110 anzóis ao todo, além de 144 anzóis de galho, que estavam armados no curso d’água.

Os proprietários dos materiais ilegais não foram localizados. Durante a retirada dos petrechos foram soltos 5 kg de pescado que estavam vivos presos aos materiais.

Fiscalizações preventivas dessa natureza são fundamentais para a prevenção à pesca predatória, tendo em vista o grande poder de captura e depredação dos cardumes, dos petrechos proibidos de pesca como esses retirados do rio pelos policiais.

Além disso, há grande dificuldade de deter os autores, pois tais petrechos são armados em curto espaço de tempo e os pescadores não permanecem no rio durante a pesca, fazendo somente a retirada dos peixes, também em tempo bastante curto.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

PESQUISA
36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro, diz Datafolha
DOURADOS
Casal é preso escondendo droga em falda de criança de 7 meses
POLÍTICA
Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI
CAMPO GRANDE
Enquanto “orientava” idosa, golpista é presa dentro de agência bancária
FIM DE ANO
Natal para Todos será aberto neste domingo na praça Antonio João
LOTERIA
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 25 milhões na quarta
CRIME AMBIENTAL
Mecânicos são presos por pescar com redes durante a piracema
DOURADOS
ACCGD promove 3º Costelão Dançante Beneficente hoje na AABB
E-SISBRAVET
Novo sistema vai agilizar atendimento de emergências veterinárias
CORUMBÁ
Casal é preso acusado de traficar bolivianos pela fronteira de MS

Mais Lidas

FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados
CAPITAL
Jovem morre em suposto acidente de trânsito, mas polícia não acha provas
UFMS
Universidade abre 30 vagas em concurso com salários de até R$ 10 mil
CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar