Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

Pescadores são multados em R$ 2,3 mil por captura e transporte de pescado ilegal

16 outubro 2017 - 12h35Por Da Redação

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental do Grupamento do distrito de Águas do Miranda, em Bonito, que trabalha na operação Pesque Legal, realizada pela PMA, Semagro e Imasul, dentro da operação Pacificador 67 (PMMS) apreendeu 46 kg de pescado transportados ilegalmente.

Dois pescadores amadores, de 21 e 45 anos, residentes em Campo Grande, estavam em um veículo Chevrolet S10, com placas de Campo Grande e foram abordados e transportavam ilegalmente 46 kg de pescado das espécies curimbatá, ximboré e pacu-peva, que eles haviam capturado no rio Miranda.

Os pescadores não tinham efetuado a vistoria e o lacre obrigatório para o transporte, bem como não possuíam licença de pesca. O pescado foi apreendido e os infratores foram autuados administrativamente por transporte de pescado sem a Guia de Controle de Pescado (GCP) e sem licença e foram multados em R$ 1.160,00 cada um.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PISO SALARIAL
Professor de Dourados ganha quase o dobro do nacional, garante prefeitura
LAVA JATO
STF começa julgamento de ação penal contra Gleisi e Paulo Bernardo
IMUNIZAÇÃO
A três dias do fim, campanha de vacinação contra a gripe ainda precisa alcançar 10,8 milhões de pessoas
FUTEBOL
Senegal aproveita bobeiras da Polônia e vence em Moscou
INCLUSÃO
Lei inclui servidores de ex-territórios nos quadros da União
LEGISLATIVO DE MS
Projeto obriga hospitais e maternidades a orientar pais para primeiros socorros
BRASILEIRÃO
Dois jogos abrem rodada da Série B nesta terça
DOURADOS
Bombeiros são acionados para combater incêndio na Linha do Potreirito
EDUCAÇÃO
ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26
DOURADOS
Câmara aprova projeto sobre eleições de diretores em escolas municipais

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito