Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Pequenos negócios sustentam criação de empregos de setembro em MS

23 outubro 2019 - 12h20Por Da Redação

Os pequenos negócios foram responsáveis por sustentar a geração de empregos formais em setembro no estado, conforme aponta análise do Sebrae do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Entre demissões e contratações, foram 917 novas vagas criadas no mês. Mas, enquanto as micro e pequenas empresas (MPE) geraram 1.086 oportunidades, as médias e grandes (MGE) fecharam 172 postos e a administração pública criou três vagas.

O resultado demonstra a importância da MPE para a economia do estado. “Geralmente o segundo semestre é mais ativo economicamente, e, mais uma vez, os pequenos negócios são a âncora da geração de empregos, se eles não existissem, só teríamos perda de vagas em setembro. Pela sua própria natureza, eles têm uma capacidade mobilizadora de voltar a crescer mais rapidamente do que as médias e grandes empresas”, analisa o diretor de operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro.

Por setor, destacaram-se na geração de empregos no estado, uma vez mais, as micro e pequenas empresas da área de Serviços, com a criação de 326 postos de trabalho. Do outro lado, as MGE fecharam 208 vagas no mesmo setor. Ainda na criação de vagas pelas MPE, Serviços é seguido por Agropecuária (239), Comércio (223), Construção (203) e Indústria de Transformação (88).

Ao longo do ano, de janeiro a setembro, as MPE criaram 12.880 vagas de trabalho com carteira assinada em Mato Grosso do Sul. Já as MGE foram responsáveis por criar quase a metade dos pequenos negócios, com mais 6.287 empregos formais.

Dados nacionais

Os pequenos negócios geraram 119 mil empregos formais celetistas, superando em 20% o saldo de agosto e em 23% o do mesmo mês de 2018. Já as médias e grandes empresas geraram 37,7 mil empregos e a administração pública contribuiu com 492 postos de trabalho. No total, foram gerados no país 157.213 vagas, com as MPE respondendo por 75,7% desse total.

De janeiro a setembro de 2019, os pequenos negócios já acumulam um saldo de 670 mil novos empregos, nove vezes maior que as MGE e 10% acima do igual período do ano passado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu