Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
ASSEMBLEIA

Parlamentares devem votar projeto que pretende apresentar PEC à Câmara dos Deputados

12 junho 2019 - 08h37Por Da Redação

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) devem apreciar cinco matérias durante a Ordem do Dia desta quarta-feira (12), todas em primeira discussão. Consta na pauta a votação do Projeto de Resolução 9/2019, da atual Mesa Diretora da Casa de Leis, que pretende aprovar a apresentação de Proposta de Emenda à Constituição Federal (PEC) à Câmara dos Deputados.

O objetivo é alterar os artigos 22 e 24 da Carta Magna tornando as competências legislativas privativas da União em concorrentes com os Estados e o Distrito Federal. A proposta tem parecer favorável por unanimidade da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da ALMS.

O Projeto de Lei 20/2019, do deputado João Henrique (PL), institui o Cadastro Estadual de Pessoas com Deficiência (Cadastro-Inclusão) - registro público eletrônico. A finalidade é coletar, processar, sistematizar e disseminar informações georreferenciadas que permitam a identificação e a caracterização socioeconômica da pessoa com deficiência, além das barreiras que impedem a realização de seus direitos. A matéria tem parecer contrário por maioria da CCJR.

Já Projeto de Lei 64/2019, do deputado Neno Razuk (PTB), dispõe sobre a obrigatoriedade da aplicação do questionário M-CHAT nas unidades de saúde do Estado de Mato Grosso do Sul e dá outras providências. O questionário visa auxiliar na identificação de indícios do chamado TEA (Transtorno do Espectro Autista) em crianças com idades entre 18 e 24 meses. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação foi favorável, por unanimidade, à tramitação do projeto e à emenda apresentada.

De autoria do deputado Renato Câmara (MDB), o Projeto de Lei 110/2019 altera a Lei 1.414 de 13 de setembro de 1993, que institui a Semana de Incentivo a Doação de Órgãos Humanos para Transplantes. A iniciativa tem parecer favorável por unanimidade da CCJR.

O Projeto de Resolução 1/2019, do deputado Zé Teixeira (DEM), acrescenta os artigos 79-A, 79-B, 79-C e 79-D ao anexo do Regimento Interno da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Resolução 65, de 17 de dezembro de 2008). Os artigos propostos tratam sobre a ocupação de gabinetes, prevendo prioridades, entre as quais estão as que estabelecem os estatutos da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015) e do Idoso (Lei 10.741/2003). O projeto obteve parecer favorável por unanimidade da CCJR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Guedes: governo vai acelerar privatizações até final do ano
LOTERIA
Prêmio da Mega deve pagar R$ 31 milhões nesta quarta
MIRANDA
Prefeita é afastada por compra de votos e TRE/MS determina novas eleições
DOURADOS
Na ExpoMundi, stand sulista mata a saudade das delícias do Rio Grande
BRASIL
Lava Jato cumpre mandados de prisão por propina paga a 2 ex-ministros
CAMPO GRANDE
Nelsinho Trad intervém pela proposta do irmão em transformar hotel em casas populares
JUDICIÁRIO
Casos de facções rivais e de serial killer estão entre os júris da semana
JAPORÃ
Suspeito de tentativa de homicídio é preso no Sul do MS
REGIÃO
Em Jateí, programa de combate ao tabagismo incentiva mudança de hábitos e promove qualidade de vida
LEGISLATIVO DE MS
Proposta quer penalizar locadora com veículo licenciado fora de MS

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG
JOAQUIM TEIXEIRA ALVES
Mulher perde quase R$ 4 mil em assalto no Centro de Dourados