Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 9860-3221
BRASILÂNDIA

Pai e filhos são condenados a mais de 80 anos de prisão por homicídios

21 maio 2019 - 08h36Por Da Redação

Foram condenados, na última sexta-feira (17/5), pelo crime de homicídio qualificado, os réus Nivaldo Pereira dos Santos (pai) e seus dois filhos: Guilherme da Silva dos Santos e Anderson Silva dos Santos, por assassinar Damiana da Costa Ferreira da Silva e Marcelo Ferreira da Silva (mãe e filho). O Julgamento ocorreu em Brasilândia.

Em meados do ano de 2014, a vítima Marcelo Ferreira da Silva havia se envolvido em um acidente automobilístico junto com Anderson Silva dos Santos. Após esse fato, Marcelo começou a ser ameaçado de morte, e os réus afirmavam que se vingariam da fatalidade.

Passado um tempo, Nivaldo, Guilherme e Anderson foram até a residência das vítimas em um carro Fiat Uno e, ao chegarem ao local, Nivaldo desceu do carro com pedaço de ferro nas mãos e passou a desferir golpes contra Damiana, que caiu no chão.

O filho, Marcelo, ao perceber que sua mãe estava sendo agredida, saiu da residência para defendê-la, momento em que Anderson disparou vários tiros de arma de fogo contra ele, atingindo-o em várias partes do corpo. Não o bastante, efetuou disparos também contra a sua mãe (Damiana), que já se encontrava caída no chão devido às agressões sofridas, o que lhe atingiu a cabeça.

Em plenário, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, representado pelo Promotor de Justiça Moisés Casarotto, pugnou pela condenação dos réus pelo crime de homicídio qualificado, causado por motivo fútil e com recurso que dificultou a defesa das vítimas.

Já a defesa sustentou as teses de legítima defesa; ter praticado sob o domínio de violenta emoção após injusta provocação das vítimas, e pediu o afastamento das qualificadoras.

O Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, reconheceu a materialidade, a letalidade e a autoria do crime, não absolveu os acusados e manteve as qualificadoras do motivo fútil e do recurso que dificultou a defesa da vítima, de acordo com a acusação do Ministério Público Estadual.

Diante da decisão do Conselho de Sentença, o Juiz condenou Nivaldo Pereira dos Santos a 28 anos de reclusão e 3 meses de detenção. O réu Guilherme da Silva dos Santos também foi condenado a 28 anos de reclusão e 3 meses de detenção e; Anderson Silva dos Santos, condenado a 24 anos de reclusão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luísa Sonza se esquiva sobre saúde de Whindersson em encontro com a imprensa
BRASÍLIA
Conselho de Comunicação analisa pacote anticrime e liberdade de imprensa
CULTURA
Festival traz a Bonito espetáculos de dança, Bossa Nova e performances contemporâneas
POLÍCIA
Bolivianos tentam passar pela fronteira com cocaína e acabam presos
INTERNACIONAL
Apagão atinge 47,4 milhões de pessoas na Argentina e no Uruguai
ESPORTE
Com página virada, Seleção Feminina faz primeiro treino em Lille
ASSALTO
Pastor marido de deputada federal é executado no Rio
CAMPO GRANDE
Arrastão e pancadaria em saída de festa termina com 6 adolescentes na delegacia
POLÍTICA
Presidente do BNDES pede demissão após críticas de Bolsonaro
SAÚDE
Em agosto, Governo do Estado e Hospital Regional reativam serviço de cirurgias bariátricas

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia