Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
CAPITAL

Pacientes esperam até 5 horas por triagem em unidade de saúde

24 junho 2015 - 13h45

Correio do Estado

Com a greve dos enfermeiros, que já dura quatro dias em Campo Grande, a média de espera para pacientes realizarem a triagem chega a cinco horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Bairro Universitário. Nesta quarta-feira (24), uma mulher de 51 anos chegou ao local por volta das 7 horas e só passou pela triagem ao meio dia. Junto com ela, cerca de 50 pessoas esperam por atendimento.

Segundo Osmar dos Santos, 33 anos, que é filho da paciente, o saguão permanece lotado e o número de pessoas varia entre 40 e 50 pessoas. De acordo com ele, desde o início da manhã até o momento apenas 12 pessoas passaram pela consulta médica. "Quando minha mãe passou pela triagem eu questionei a demora, a uma enfermeira afirmou que seis médicos estão atendendo", disse Osmar.

O hipertenso Djalma Elídio da Silva, 57 anos, está afastado do serviço por causa da doença crônica e procurou a UPA para fazer a troca da medicação. Ele é mais um paciente que chegou às 7h20min.
Diferente da mãe de Osmar, Djalma ainda não conseguiu passar pela triagem. "Eu sofro de pressão alta e não consigo trocar a medicação se eu não passar pela consulta com o médico", disse.

Ambos os pacientes aproveitaram para relatar que as condições oferecidas pela UPA aos pacientes que aguardam atendimento também estão fora do controle. O copo para tomar água é de café e os sanitários estão entupidos.

GREVE

Os profissionais da enfermagem aderiram a greve no último sábado (20). Em acordo estabelecido entre a categoria, não haverá cumprimento de jornada nas unidades básicas de saúde e exames realizados por enfermeiros serão cancelados.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), não há balanço relativo ao impacto da paralisação, por outro lado, se confirma que salas de vacina estão fechadas e a realização de exames foram suspensos.

A categoria, composta por 1 mil profissionais concursados, pretende ampliar em até cinco anos os vencimentos da enfermagem de R$ 2,1 mil para R$ 3.770 e dos técnicos de R$ 1,1 mil para R$ 2.040. Em ambos os casos a jornada é de 40 horas semanais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso com rifle e munições em estrada vicinal
BRASIL
Bebianno é confirmado como ministro da Secretaria-Geral da Presidência
TECNOLOGIA
Reinaldo dá sinal verde para nova fase de digitalização da TVE Cultura
DOURADOS
Grupo ABV realiza 5º Sorteio da Campanha Festival de Prêmios Abevê
FUTEBOL
De olho na taça, Palmeiras recebe América-MG pelo Brasileirão
DOURADOS
Período de matrículas na Reme inicia no próximo dia 3 de dezembro
PREVENÇÃO
Contra proliferação do Aedes, CCZ notifica 44 imóveis em situação crítica em Dourados
BR-163
Veículo roubado em Brasília é recuperado em MS
FAMOSOS
Bruna Marquezine é alfinetada por David Brasil após deixar de segui-lo
DOURADOS
Lar Ebenezer promove evento para comemorar os 30 anos da Instituição

Mais Lidas

TERRA ROXA
Homem é encontrado morto com lesão na cabeça em Dourados
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai