Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
CAPITAL

Pacientes esperam até 5 horas por triagem em unidade de saúde

24 junho 2015 - 13h45

Correio do Estado

Com a greve dos enfermeiros, que já dura quatro dias em Campo Grande, a média de espera para pacientes realizarem a triagem chega a cinco horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Bairro Universitário. Nesta quarta-feira (24), uma mulher de 51 anos chegou ao local por volta das 7 horas e só passou pela triagem ao meio dia. Junto com ela, cerca de 50 pessoas esperam por atendimento.

Segundo Osmar dos Santos, 33 anos, que é filho da paciente, o saguão permanece lotado e o número de pessoas varia entre 40 e 50 pessoas. De acordo com ele, desde o início da manhã até o momento apenas 12 pessoas passaram pela consulta médica. "Quando minha mãe passou pela triagem eu questionei a demora, a uma enfermeira afirmou que seis médicos estão atendendo", disse Osmar.

O hipertenso Djalma Elídio da Silva, 57 anos, está afastado do serviço por causa da doença crônica e procurou a UPA para fazer a troca da medicação. Ele é mais um paciente que chegou às 7h20min.
Diferente da mãe de Osmar, Djalma ainda não conseguiu passar pela triagem. "Eu sofro de pressão alta e não consigo trocar a medicação se eu não passar pela consulta com o médico", disse.

Ambos os pacientes aproveitaram para relatar que as condições oferecidas pela UPA aos pacientes que aguardam atendimento também estão fora do controle. O copo para tomar água é de café e os sanitários estão entupidos.

GREVE

Os profissionais da enfermagem aderiram a greve no último sábado (20). Em acordo estabelecido entre a categoria, não haverá cumprimento de jornada nas unidades básicas de saúde e exames realizados por enfermeiros serão cancelados.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), não há balanço relativo ao impacto da paralisação, por outro lado, se confirma que salas de vacina estão fechadas e a realização de exames foram suspensos.

A categoria, composta por 1 mil profissionais concursados, pretende ampliar em até cinco anos os vencimentos da enfermagem de R$ 2,1 mil para R$ 3.770 e dos técnicos de R$ 1,1 mil para R$ 2.040. Em ambos os casos a jornada é de 40 horas semanais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é morto a facada e testemunha presa por não pagar pensão
BRASIL
Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares
RIO BRILHANTE
Dupla é flagrada com mais de 100 quilos de maconha em veículo

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
DOURADOS
Jovem é preso por tráfico internacional na rodoviária