Menu
Busca quarta, 26 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
CAPITAL

Pacientes esperam até 5 horas por triagem em unidade de saúde

24 junho 2015 - 13h45

Correio do Estado

Com a greve dos enfermeiros, que já dura quatro dias em Campo Grande, a média de espera para pacientes realizarem a triagem chega a cinco horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Bairro Universitário. Nesta quarta-feira (24), uma mulher de 51 anos chegou ao local por volta das 7 horas e só passou pela triagem ao meio dia. Junto com ela, cerca de 50 pessoas esperam por atendimento.

Segundo Osmar dos Santos, 33 anos, que é filho da paciente, o saguão permanece lotado e o número de pessoas varia entre 40 e 50 pessoas. De acordo com ele, desde o início da manhã até o momento apenas 12 pessoas passaram pela consulta médica. "Quando minha mãe passou pela triagem eu questionei a demora, a uma enfermeira afirmou que seis médicos estão atendendo", disse Osmar.

O hipertenso Djalma Elídio da Silva, 57 anos, está afastado do serviço por causa da doença crônica e procurou a UPA para fazer a troca da medicação. Ele é mais um paciente que chegou às 7h20min.
Diferente da mãe de Osmar, Djalma ainda não conseguiu passar pela triagem. "Eu sofro de pressão alta e não consigo trocar a medicação se eu não passar pela consulta com o médico", disse.

Ambos os pacientes aproveitaram para relatar que as condições oferecidas pela UPA aos pacientes que aguardam atendimento também estão fora do controle. O copo para tomar água é de café e os sanitários estão entupidos.

GREVE

Os profissionais da enfermagem aderiram a greve no último sábado (20). Em acordo estabelecido entre a categoria, não haverá cumprimento de jornada nas unidades básicas de saúde e exames realizados por enfermeiros serão cancelados.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), não há balanço relativo ao impacto da paralisação, por outro lado, se confirma que salas de vacina estão fechadas e a realização de exames foram suspensos.

A categoria, composta por 1 mil profissionais concursados, pretende ampliar em até cinco anos os vencimentos da enfermagem de R$ 2,1 mil para R$ 3.770 e dos técnicos de R$ 1,1 mil para R$ 2.040. Em ambos os casos a jornada é de 40 horas semanais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Aline Riscado curte praia com amigas e impressiona com corpão sarado
UFMS
PF investiga denúncia de acadêmico que ameaçou professores e alunos
OPORTUNIDADE
CIN abre vagas a curso de comércio exterior em Dourados
CAMPO GRANDE
Prefeitura abre inscrição para contratar médicos com salário de R$ 12 mil
UEMS
De Pais para Filhos chega em Dourados no próximo fim de semana
CAPITAL
Com suspeita de tuberculose, idosa espera vaga em hospital há 5 dias
PROGRAMA
Governo lança plano para reduzir à metade nº de mortos no trânsito
ANASTÁCIO
Após engravidar do pai, adolescente dá à luz e decide criar bebê
ELEIÇÕES 2018
TSE aceita registro de candidatura de Haddad à Presidência
EDUCAÇÃO
ProfLetras de Dourados abre processo seletivo para alunos regulares

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
OPERAÇÃO REMAKE
Gaeco cumpre mandados e apura desvio de R$ 670 mil em sindicato
BR-163
Gol carregado com maconha é apreendido em Dourados
ÁGUA BOA
Homem armado invade casa e leva dinheiro da vítima