Menu
Busca quarta, 23 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Número de trabalhadores em MS cresce 7,6% em 6 anos

09 novembro 2018 - 10h04Por Da Redação

O número de pessoas ocupadas, ou seja, população a partir de 14 anos trabalhando saltou 7,4% em seis anos, no Mato Grosso do Sul. Em 2012, eram 1,17 milhão e em 2017 o total subiu para 1,26 milhão de pessoas.

O maior número de ocupação foi registrado no ano de 2016, quando 1,27 milhão de pessoas estavam trabalhando no Estado. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) divulgada hoje pelo IBGE.

No ano passado, o grupo de Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas fechou com o maior índice de ocupação (19,2%) e, em seguida, aparece a Administração Pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais, com 17,9% do montante.

Destaque para o crescimento, em 2017, dos grupos de atividade da Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, que expandiu seu contingente em 13 mil pessoas, e a Indústria geral em 12 mil pessoas e o Alojamento e alimentação em 7 mil pessoas.

Dentre as pessoas ocupadas, 91,7% trabalhavam no turno diurno (1.157 mil pessoas). As outras 105 mil pessoas trabalhavam em turno noturno ou parcialmente noturno, representando 8,3% do total.

Conta própria

No ano passado, 354 mil pessoas estavam ocupadas como empregadores ou conta própria no trabalho principal. Na comparação com 2012, a expansão dos empregadores ou trabalhadores por conta própria foi de 25,1%. Desse total, 5,7% (20 mil pessoas) eram associados a cooperativa de trabalho ou produção em 2017.

Em 2012, 26,3% dos ocupados como empregadores ou trabalhadores por conta própria estavam em empreendimentos registrados no CNPJ em Mato Grosso do Sul. Esse percentual aumentou ano a ano e alcançou 31,7% em 2017. Ao longo da série, o registro no CNPJ era maior entre os homens, mas essa situação se inverteu em 2017, quando o registro foi maior entre as mulheres ocupadas.

Os estabelecimentos no domicílio de residência tiveram crescimento de contingente de 50%, com expansão de 18 mil pessoas, o que totalizou 54 mil pessoas trabalhando nesse local em 2017 (5,5%), quando comparado a 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
Mulher não consegue falar com marido que é encontrado morto pela filho
UFGD
Concursos para docentes e técnicos divulgam candidatos isentos
ECONOMIA
Secretaria de Fazenda publica valor atualizado de Uferms para fevereiro
FORÇAS ARMADAS
Polícia recupera pistola de uso restrito desaparecida desde 2016
APRENDIZES-MARINHEIRO
Marinha abre inscrições para concurso com 1 mil vagas em todo país
ANASTÁCIO
Homem agride e furta dinheiro mãe para comprar bebida alcoólica
TELEVISÃO
Vanderson sai da casa para depor e é desclassificado do BBB19
CORUMBÁ
Homem é autuado por maus tratos a cavalo
PRIORIDADES
Onyx apresenta 35 metas para os primeiros 100 dias de governo
FUTEBOL
Aquidauanense e Urso empatam e dividem liderança do Estadual

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem morre após ser atropelado por Mini Carregadeira em Dourados
BRASILÂNDIA
Dono de casa de prostituição é preso por tráfico de mulheres
ENERGISA
Consumidores podem recorrer ao valor da conta de energia sem sofrer corte no fornecimento
TRÁFICO
Carga de cocaína apreendida na BR-463 poderia render até R$ 47 milhões no Brasil