Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
EX-DEPUTADO DE MS

Nomeado no Ministério dos Transportes, ex-deputado estaria em cargo vetado por Abin

15 junho 2015 - 09h08

O ex-deputado estadual Edson Giroto, que também foi secretário estadual na gestão de André Puccinelli e candidato a prefeitura de Campo Grande e derrotado nas urnas em 2012 ocuparia cargo vetado pela Abin (Agência Brasileira de Inteligência) no Ministério dos Transportes. A informação é de Leonel Rocha, da Revista Época.

Segundo a nota da coluna “Expresso”, “A manobra do PR para mandar no DNIT”, a jogada será uma forma encontrada pelo mensaleiro condenado e ex-deputado Valdemar da Costa Neto (PR) para abrigar Edson Giroto, que ficou sem mandato, no governo federal.Após três meses da nomeação original, a bancada do PR teria conseguido colocar o ex-deputado no cargo vetado.

No final de fevereiro, surgiu a possibilidade de Giroto ser nomeado secretário executivo, quando até uma lista chegou a ser divulgada pelo Ministério. De acordo com a coluna, a nomeação só não aconteceu porque a Abin vetou o nome.

Isto porque Giroto responde a processo no STF (Supremo Tribunal Federal), a Ação Penal 605, instaurada após investigação da Polícia Federal, a Operação Vintém, de 2007.

Giroto foi nomeado como seu assessor especial em março, função que não necessita de parecer do serviço secreto do governo. Um dia depois, o ex-deputado foi promovido a secretário executivo substituto, função que também não precisa do aval da Abin.

De acordo com o jornal Midiamax, agora, Giroto ocuparia, na prática, a função de secretário executivo para a qual tinha sido vetado por seu histórico com o STF. Isso porque no último dia 20 de maio, Miguel de Souza foi exonerado do cargo de Secretário de Gestão dos Programas de Transportes do Ministério. No papel, o ex-deputado federal pelo Paraná, Luciano Castro, foi nomeado para substituir Miguel.

No atual cargo, Giroto passou a ser o que inicialmente queriam que fosse, presidente do conselho administrativo do DNIT. Ele decide tudo do órgão que tem mais de mil contratos e um orçamento de R$ 10 bilhões por ano para construção e manutenção de estradas federais. O Jornal Midiamax tentou contato por celular com Giroto, que não atendeu as ligações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FESTA
Arraiá Universitário da UFGD será realizado nos dias 02 e 03 de agosto
GENERAL OSÓRIO
Mulher de 57 anos é assaltada quando trafegava de bicicleta
PRAZO
Inscrição para professores fiscalizar provas do Enem termina amanhã
PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
CLONE
Veículo roubado no Brasil é recuperado com deputado paraguaio