Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

Mulher é multada por desmatamento em área de preservação

21 agosto 2019 - 17h35Por Da Redação

Policiais militares ambientais de Três Lagoas autuaram uma proprietária rural por desmatamento ilegal e por degradação de área protegida brejosa. Os policiais realizaram vistoria ontem (20/8) no distrito de São Pedro no município de Inocência e verificaram que a demarcação da área de pastagem não cumpria o que determina a lei, avançando 20 metros para dentro de área protegida por lei.

Durante a vistoria, os policiais verificaram também que houve supressão recentemente da referida vegetação de veredas, através de “roçada” causando degradação, agravada pela criação de gado bovino.

A infratora, de 53 anos, residente em Inocência, foi autuada administrativamente e multada em R$ 5.000,00. As atividades foram paralisadas.

Ela também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena é de um a três anos de detenção. Ela foi notificada a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Alvo da PF, Bezerra põe o cargo de líder do governo no Senado à disposição
CRIME AMBIENTAL
Grupo é multado em quase R$ 300 mil por desmatamento ilegal
QUEIMADAS
MS recebe suporte do Governo Federal para combate aos incêndios
TEMPO
Pancada de chuva não ameniza e ‘calorão’ continua em Dourados
BRASIL
Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas
COETRAE-MS
Comissão para tratar da erradicação do trabalho escravo é instituída em MS
DOURADOS
Seminário sobre suicídio e violência na população LGBTs+ contou com três palestras nesta quinta
MS
Homem é autuado em R$ 107 mil por desmatamento ilegal
BRASIL
Aluno de 14 anos esfaqueia professor em escola na zona leste de SP
SELEÇÃO BRASILEIRA
Tite chama amanhã jogadores para amistosos de outubro

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção