Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
TRANSIÇÃO

MPMS faz reunião para tratar sobre serviço de oncologia em Dourados

26 setembro 2017 - 17h50

Reunião nesta segunda-feira, em Dourados, teve como principal objetivo discutir sobre o tratamento oncológico oferecido nos hospitais do município. O encontro foi organizado pelo MPE (Ministério Público Estadual),por meio dos Promotores de Justiça Eteocles Brito Mendonça Dias Junior e Ricardo Rotunno, titulares da 10ª e 16ª promotorias, respectivamente.

Eteocles esclareceu a existência de dois inquéritos civis que estão em andamento na 10ª Promotoria de Justiça.

O primeiro é o 06.2017.00000184-3 que tem como objeto "Averiguar as supostas negativas ou dificuldades de transferência, da rede pública de saúde de Dourados, para a unidade hospitalar de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia, com habilitação junto ao Ministério da Saúde para serviço de Hematologia na cidade de Campo Grande/MS".

Já o segundo, é o inquérito civil de nº 06.2017.00001417-1, que visa "Apurar a regularidade técnica e jurídica da política de transição da prestação de serviços médicos de Alta Complexidade em Oncologia na cidade de Dourados".

Em seguida, o promotor de Justiça Ricardo Rotunno esclareceu que a atuação do MPE se deu e se dará sempre em atenção àquilo que seja mais premente e atenda os anseios dos pacientes, sendo eles a razão maior da atuação ministerial. Além, textualmente assentou, de que não será admitida em hipótese alguma a politização da situação de atendimento oncológico em Dourados.

Para o Secretário Municipal de Saúde, Renato Vidigal, a municipalidade está cumprindo ordem judicial, e em hipótese alguma haverá interrupção de tratamento dos pacientes, independentemente de quem seja o prestador habilitado, ou mesmo na inexistência temporária do mesmo.

Na oportunidade, pacientes manifestaram as dificuldades encontradas para entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, bem como a demora no agendamento para atendimento oncohemacológico na cidade de Campo Grande. Diante destes impasses, ficou acordado que o Secretário Municipal de Saúde receberá pacientes e/ou representantes, no dia 02 de outubro de 2017, para que tome conhecimento das dificuldades enfrentadas pelos pacientes.

Na sequência, o grupo CTCD/CASSEMS, representado pelo médico David Rodrigues Infante Vieira, esclareceu que, dentro de 90 dias, estarão aptos a receber a demanda oncológica, e que até então o serviço ambulatorial/intercorrência vem sendo prestado satisfatoriamente no Hospital da Vida, não havendo fila de espera, tampouco negativa de atendimento.

O Superintendente do Hospital Evangélico de Dourados, Publio Eugênio Castro Vasconcelos, explicou que o hospital não abandonou os pacientes oncológicos outrora atendidos, mas que prestar tal serviço diante à remuneração da Tabela SUS seria insustentável.

Por sua vez, a Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados (ACCGD) pugnou pela participação mais ativa nas próximas reuniões e tratativas sobre o serviço oncológico, uma vez que se preocupa com o paciente e lida diariamente com as dificuldades enfrentadas por tais.

E, por fim, o Ministério Público Estadual e as Comissões de Defesa da Saúde da Assembleia Legislativa de MS, Câmara Municipal e OAB/MS solicitarão à Secretaria Estadual de Saúde outra reunião para tratar sobre o serviço de oncologia disponibilizado na cidade de Dourados, restando como data sugerida o dia 06 de outubro de 2017, período matutino para realização do ato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Etapa da Stock Car promete agitar neste fim de semana
DOURADOS
Dia “D” da vacinação contra pólio e sarampo é hoje e conta com 36 pontos
EDUCAÇÃO
Gabaritos do Encceja já estão disponíveis no site do Inep
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 23 milhões
UAUUUUU!!
Giovanna Ewbank exibe bumbum e impressiona fãs com biquíni cavado
MATO GROSSO DO SUL
Cassems aparece no ranking das melhores e maiores empresa do Brasil pelo 10º ano consecutivo
INDÚSTRIA 4.0
Realidade aumentada é alternativa para aumentar produtividade do trabalhador
ELEIÇÕES 2018
Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição
EDUCAÇÃO
Capacitação para quem atuará no Enem em MS acontece amanhã
PANTANAL
Acesso à MS-228 entre Lampião Aceso e MS-184 é liberado parcialmente

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido