Menu
Busca terça, 16 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
RECOMENDAÇÃO

MP quer prefeitura da Capital pavimentando corredores de ônibus

13 setembro 2017 - 16h50

O Ministério Púbico de Mato Grosso do Sul, por meio dos Promotores de Justiça, Humberto Lapa Ferri e Gevair Ferreira Lima Jr recomendaram ao Prefeito Municipal de Campo Grande e ao Secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos que efetue, no prazo de 90 dias, a partir do recebimento da presente Recomendação, a retomada dos serviços de pavimentação de corredores de ônibus do Bairro Taquaral Bosque.

De acordo com a Recomendação, fica estabelecido que no prazo de 30 dias, seja efetuado o Relatório Circunstanciado das obras de pavimentação de corredores de ônibus do Bairro Taquaral Bosque, com a consequente atualização/reavaliação do projeto executivo e cronograma de retomada dos serviços, remetendo referido documento, após findar o prazo acima especificado, a esta Promotoria de Justiça.

O Promotor de Justiça estabelece que, no prazo de 10 dias, a Prefeitura Municipal se manifeste sobre a decisão, à 31ª Promotoria de Justiça, sobre o acatamento ou não da presente Recomendação, detalhando as providências tomadas, ficando ciente da possibilidade de ajuizamento de medidas administrativas e/ou judiciais em caso de não acatamento.

Para fazer a Recomendação, o Promotor de Justiça levou em consideração a instauração do Inquérito Civil registrado sob o nº 002/2013, visando apurar possível ato de improbidade administrativa na pavimentação de corredores de ônibus do Bairro Taquaral Bosque e utilização de área verde para fins particulares.

Também considerou que a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos desta capital, através do ofício n. 573/ASJUR/SISEP, de 17 de abril de 2017, informou que a obra de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais no Bairro Taquaral Bosque – 2ª etapa, encontra-se paralisada desde 1.10.2015, em virtude da necessidade de reavaliação e conclusão de projetos executivos, sem cronograma da retomada dos serviços.

E, por fim, levou em consideração que a paralisação de obras públicas demonstra planejamento deficitário que afeta diretamente a eficiência no gasto público.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Clube do Litoral Central abre o 5º Fesdom amanhã
ELEIÇÕES
TSE manda retirar do ar vídeos sobre kit gay ligados à gestão Haddad
CAMPANHA
Sicredi Centro-Sul MS realiza 3º sorteio da promoção
ELEIÇÕES 2018
Disputa pelo senado custou entre R$ 0,10 e R$ 3,47 por voto em MS
CAMPO GRANDE
Professor morre após acidente e mais de 20 dias internado
DOURADOS
Universitário é preso furtando fraldas para trocar por droga
ADOLESCENTES
Ministério da Saúde e a Universidade Aberta do SUS lançam atualização do curso de Vacinação contra o HPV
OPORTUNIDADE
IEL encerra na sexta inscrições do workshop para capacitação de líderes em Dourados
DOURADOS
Mulher é presa na rodoviária tentando embarcar para MT com maconha
BRASIL
Jornalista Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo

Mais Lidas

DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
JARDIM MONTE LÍBANO
Policiais douradenses são presos por assalto a família
QUADRILHA PRESA
Preso em assalto a família em Fátima do Sul mentiu o nome à polícia
FATALIDADE
Voluntário morre ao cair de “trenzinho” durante o Dia das Crianças em Dourados