Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2019
(67) 9860-3221
GERAL

Ministério da Saúde, SES e Sesau realizam vistoria na Unidade do Trauma

13 fevereiro 2019 - 10h49Por Da Redação

Ontem (12/2), técnicos do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) realizaram vistoria na Unidade do Trauma, com objetivo de avaliar os custos de funcionamento para a elaboração do Plano Operativo. Desde o início de setembro do ano passado, o local começou a funcionar de forma gradual.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destacou que o objetivo é fazer a Unidade do Trauma funcionar em sua plenitude. “Precisamos resolver esse impasse que já vem se arrastando a mais de um ano. Esperamos que com a visita técnica o Ministério da Saúde possa aportar os recursos que havia se comprometido”, disse.

O Plano Operativo é necessário para que ocorra a pactuação entre o Ministério da Saúde, SES, Sesau e Associação Beneficente de Campo Grande – Santa Casa para que ocorra o repasse de recursos para o funcionamento da Unidade.

Os representantes do Ministério da Saúde são ligados à Coordenação Geral de Atenção Hospitalar, responsável por avaliar as unidades habilitadas referentes a custeio e produção. Na segunda-feira (11/2), foi realizado o levantamento sobre a produção da Unidade do Trauma e outras unidades habilitadas da Santa Casa.

Ontem, os técnicos realizaram vistoria na Unidade do Trauma e unidades habilitadas para averiguar necessidade de custeio do hospital. Logo após, ocorreu reunião entre o Ministério da Saúde, Prefeitura e Governo do Estado para o alinhamento da proposta para o Plano Operativo.

Com mais de 6.600 metros quadrados de área construída, o local tem 100 leitos de internação, 10 leitos de UTI, 5 salas cirúrgicas, 2 salas para cirurgia de pequeno porte, 1 sala de fisioterapia, 1 sala de reabilitação, 3 salas de observação com 15 leitos, 2 salas de raio X, 1 sala de tomografia, 2 salas de odontologia, 3 consultórios e 1 sala de emergência.

Em 2016, após o Governo do Estado retomar a obra, em parceria com o Governo Federal e Prefeitura, houve um aporte para a unidade no valor de R$ 8,4 milhões, recursos empregados pelo Governo do Estado no valor de R$ 1,6 milhão, Ministério da Saúde com R$ 2,5 milhões, Prefeitura de Campo Grande com R$ 3,2 milhões e Associação Beneficente de Campo Grande com R$ 890 mil. A Santa Casa também investiu mais R$ 4 milhões para readequar o projeto estrutural inicial da Unidade, de onde foram refeitos dois mil metros quadrados, conforme exigências da Vigilância Sanitária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem é preso após oferecer cocaína a policiais militares
INTERNACIONAL
Presidente palestino diz não confiar no novo plano de paz dos EUA
DOURADOS
Homem encontrado morto no rio Dourados foi deixado no local pelo sobrinho no sábado
DOURADOS
Motociclista morre ao bater na traseira de carreta no Terra Roxa
TELEVISÃO
Elenco decepciona em prova do “MasterChef” e internautas reclamam
CRIME AMBIENTAL
Paranaense é preso com 25 quilos de pescado ilegal em veículo
INTERNACIONAL
Número de mortos em ataques no Sri Lanka sobe para 290
SOLIDARIEDADE
Acadêmicos de Turismo arrecadam doações para refugiados venezuelanos
BENEFÍCIO
Prazo para inscrição no Vale Universidade termina na segunda-feira
TRÁFICO
Motorista foge e abandona caminhonete com quase 200 quilos de droga

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto no Rio Dourados
DOURADOS
Rapaz é ferido com duas facadas e socorrido ao HV
TRAGÉDIA
Casal morre em acidente de moto próximo a Ponta Porã
POLÍCIA
Casal é preso por tráfico, após entrega de crack, no Cachoeirinha