Menu
Busca segunda, 17 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Marun consegue emplacar ex-assessor na chefia da Funai em Campo Grande

28 setembro 2017 - 14h35Por Da Redação

Paulo Rios Júnior, ex-assessor do deputado federal Carlos Marun (PMDB) foi nomeado para coordenação regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), mas efetivação ainda será decidida.

A portaria do Ministério da Justiça foi publicada na edição de hoje (28) do Diário Oficial da União, segundo informa o Correio do Estado. 

De acordo com o deputado, embora ele tenha sugerido Rios Júnior ao cargo no início deste ano, a ideia era que o ex-assessor assumisse a coordenação política de seu mandato na região sudeste a partir de outubro.  

Marun pretende estar em Campo Grande na segunda-feira (2) para conversar com o ex-assessor.

HISTÓRICO 

O cargo de coordenador da Funai em Campo Grande estava vago desde o final do ano passado. O antigo coordenador, Evair Borges, havia sido exonerado em novembro e em seu lugar ficou o coronel aposentado do Exército Brasileiro (EB) e ruralista, Renato Vidal Sant'anna.  

No entanto, Sant'anna pediu exoneração apenas um mês depois, deixando o cargo sem ocupante. Sua nomeação chegou a causar revolta entre as comunidades indígenas, o que gerou protestos e até mesmo a ocupaçãodo da sede da Funai em Campo Grande por manifestantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Letícia Santiago exibe barriga negativa menos de três meses após parto
FORAGIDO
Polícia Federal divulga possíveis disfarces de Cesare Battisti
ESPONTANEAMENTE
João de Deus, acusado de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
TRÊS LAGOAS
Motorista perde controle e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
IMUNIZAÇÃO
Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias
DOF
Veículo furtado em Curitiba é recuperado a caminho do Paraguai
ESCOLA AVANI
Projeto de Extensão organiza Colônia de Férias em Dourados
OPORTUNIDADES
Concursos: 15 órgãos abrem inscrições para 409 vagas nesta segunda
TRÊS LAGOAS
Dupla invade casa e foge com objetos avaliados em R$ 60 mil
CLÁUSULA PÉTREA
Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo

Mais Lidas

ABV
Homem é preso por tentativa de furto em supermercado de Dourados
QUINTINO BOCAIUVA
Bombeiros combatem incêndio em apartamento no centro de Dourados
DOURADOS
Homem de 35 anos é preso acusado de estupro de vulnerável
CAMPO GRANDE
Motociclista encontra bilhete em retrovisor quebrado: 'Caráter'