Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Lei da Ficha Limpa aprovada para servidores de MS

02 junho 2015 - 18h00

Projeto de Emenda à Constituição (PEC) aprovado nesta terça-feira (2) pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul exige que servidores, efetivos ou comissionados, sejam ficha limpa, ou seja, não possuam condenação ou punição de qualquer natureza.

De acordo com o Correio do Estado, o PEC, segundo o autor, deputado Amarildo Cruz (PT), explica que a possibilidade legal de nomeação e investidura em cargo público de comissão e de atribuição de função de confiança de brasileiros em condição de inelegibilidade pode acarretar situações de patente violação do princípio da moralidade.

O objetivo do projeto é estender ao funcionalismo público, a Lei Complementar 135/2010, mais conhecida como a Lei da Ficha Limpa.

Ainda de acordo com o site, agora, o próximo passo é a promulgação da PEC e publicação no Diário Oficial. A partir disso, a norma deverá ser obedecida pelo Governo do Estado, pois trata-se de norma jurídica auto aplicável. O não cumprimento pode gerar processo por improbidade administrativa, que pode resultar na perda do mandato do agente político.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Radares flagram quase 500 motoristas por excesso de velocidade nas BR's de MS
DOURADOS
Grupo ABV realiza sorteio de carro 0km
TRÂNSITO
Bêbado, homem é preso ao provocar acidente
ÁFRICA DO SUL
Prédio de apartamentos é construído com 140 contêineres
BRASIL
Bolsonaro diz que nomes de comandantes militares não estão definidos
PÓS-FERIADO
Centrão ‘calmo’ é reflexo do feriado no meio da semana em Dourados
CAMPO GRANDE
Para não bater em capivaras, motorista desvia, perde controle e capota veículo
ALERTA
Procon orienta sobre cuidados para compras na Black Friday
RURAL
Integração lavoura-pecuária atrai mais produtores em MS

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
SUSTO
Veículo com placas de Dourados fica destruído ao ser atingido por vagões de trem
DOURADOS
Dupla armada rouba moto para assaltar empresa e levar R$ 3 mil