Menu
Busca domingo, 20 de maio de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE
CULTURA

Jurista Iara Gonçalves Carrilho lança livro “A Violência de Gênero além das grades”

24 outubro 2017 - 11h21Por da Redação

A advogada Iara Gonçalves Carrilho está lançando o livro “A violência de gênero atrás das grandes” pela Editora Lúmen Juris. A noite de autógrafos acontece nesta terça-feira às 19h na Livraria Saraiva do Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande.

Iara é advogada, especialista em ciências criminais e feminista. Graduada em Direito pela Universidade Federal de Mato grosso do sul (UFMS), em seu primeiro livro a escritora aborda a condição das mulheres privadas de liberdade.

Pós-graduada em Ciências Criminais pelo Completo de Ensino Renato Saraiva/Estácio, o livro de Iara Carrilho é um dos primeiros a abordar a condição das mulheres encarceradas. Por este motivo a Editora Lúmen Júris conferiu uma exceção a Iara, porque geralmente só publica obras de Mestres e Doutores.

 “De todas as mazelas que a atingem, o encarceramento da mulher é especialmente angustiante”. É esse o tema desenvolvido de forma magistral e profunda por Iara Gonçalves Carrilho. A densidade do livro dá mostras de que a autora se dedicou de veras ao estudo da condição da mulher encarcerada.

Conforme Alice Bianchini, prefaciante da obra “não restam dúvidas de que existe uma invisibilidade de gênero no sistema prisional feminino, mas os detalhes, as motivações, as consequências e o que é mais importante, a solução para erradicar tal situação, eu deixo para que o leitor se assenhore a partir da leitura agradável que a autora nos proporciona”.

Iara, segundo Alice Bianchini, o livro de Iara não apresenta apenas o triste relato da vida das mulheres no cárcere já que em seu trabalho de pesquisa foram os encaminhamentos trazidos por Iara que me fizeram ascender à esperança, não de uma total reversão no quadro desumano, aviltante e torturante que assola os cárceres brasileiros, mas, de um minoramento na carga de sofrimento que é impingido no cárcere às mulheres”.

A autora do livro cursou um semestre na Faculdade de Direito e Criminologia a Universidade do Porto, Portugal, como bolsista, através da seleção por coeficiente de rendimento acadêmico, do programa Santander Universidades em parceria com o Governo Federal em 2014.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Homem é encontrado desacordado, nu e ferido após ter casa invadida
PONTA PORÃ
Imagens de satélite denunciam e fazendeiro é multado em R$ 21 mil por desmatamento ilegal
BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
BRASILEIRO
Novo e Corumbaense entram em campo pela sobrevivência na Série D
VILA PLANALTO
Homem tem caminhonete furtada na Mato Grosso
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro
FAMOSOS
Anitta troca carinhos com o marido nos bastidores de show nos EUA
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
GELAAAADO
Dourados tem temperatura abaixo de 10ºC em dia mais frio do ano

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado por pistoleiros em "Favelinha" de Ponta Porã
AMAMBAI
Polícia apreende mais de três toneladas e maconha na fronteira
DOURADOS
Polícia civil de Dourados registra quatro assaltos em 24 horas
PARAGUAI
Homem é enforcado e tem corpo abandonado em estrada vicinal