Menu
Busca quinta, 18 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
OITIVAS

Juiz ouve 7 testemunhas de acusação sobre morte de menor em lava jato

06 setembro 2017 - 11h12

Na terça-feira (5) foi realizada a primeira audiência sobre a morte do adolescente Wesner Moreira da Silva, agredido no dia 3 de fevereiro em um lava jato na Capital. Foram ouvidos os familiares da vítima, entre eles a mãe de Wesner, o irmão, dois primos e uma prima da mãe.

Além deles, prestaram depoimento uma assistente social que atendeu o adolescente quando ele recebeu os primeiros socorros na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e um técnico em enfermagem que também teve contato com a vítima.

A oitava testemunha arrolada, o médico que atendeu Wesner, não foi intimado e deve ser ouvido na próxima audiência.

A fim de esclarecer os fatos, o juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida solicitou ainda a intimação da assistente social da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) que conversou com a vítima e ainda o médico legista que subscreveu o parecer médico-legal para que possa esclarecer os detalhes sobre as lesões sofridas pela vítima. Segundo a denúncia, os réus introduziram uma mangueira de ar no ânus da vítima, que passou mal, foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dias depois.

A oitiva destas testemunhas, além das testemunhas de defesa e o interrogatório dos réus, estão programados para acontecer na próxima audiência, designada para o dia 2 de outubro, às 14 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
De biquíni, Tammy di Calafiori rouba a cena na web em dia de praia
Idoso que estava desaparecido é encontrado morto em Amambai
ECONOMIA
Senado aprova projeto que define regras para duplicata eletrônica
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde prorroga prazo de inscrições
IVINHEMA
Jovem é agredida pelo namorado após ele ter estuprado a mãe dela
IMUNIZAÇÃO
Anvisa aprova nova vacina contra gripe exclusiva para idosos
ESTRAGOS
Prefeitura de Iguatemi decreta situação de emergência devido as chuvas
SEMIABERTO
Senador Acir Gurgacz é transferido para presídio da Papuda em Brasília
CAMPO GRANDE
Garoto que atirou dentro de escola e se feriu portava pistola 6.35
JUSTIÇA
Empresa telefônica é condenada por bloquear linha de cliente

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre ao tentar atravessar “lago da rodoviária” a nado
CENAS DE CINEMA
Perseguição e troca de tiros termina com veículos recuperados em Dourados
PEDRO JUAN
Suspeita de envolvimento em roubo a vereador douradense é executada na fronteira
OLAVO SUL
Vereador douradense é ameaçado de morte ao separar briga em distrito