Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
MS

Inscrições para processo seletivo da Rede e-Tec serão abertas no dia 2 de julho

01 julho 2015 - 20h15

Da Redação

O curso de nível médio oferecido na modalidade EaD - Ensino a Distância, do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, por intermédio do programa federal Rede e-Tec, lançará nesta quinta-feira (2) o edital que oferecerá 360 novas vagas para a qualificação em Técnico de Agronegócio, com polos presenciais nos municípios de Maracaju, Dourados, Coxim e Campo Grande.

O curso possui 1.230 horas/aula e duração de dois anos, com 20% da carga horária oferecida nos polos presenciais. Segundo o coordenador da Unidade de Tecnologia e Inovação do Senar/MS, Roberto Murillo, os detalhes sobre a quantidade de vagas e inscrições estarão disponíveis no site da instituição. “Todos poderão participar do processo seletivo que funciona com agendamento de provas e os detalhes serão disponibilizados no portal [www.senar.org.br/etec](http://www.senar.org.br/etec)”, esclarece.

Murillo reforça ainda que os candidatos remanescentes da primeira seleção somam 65 pessoas, interessadas em aprender uma nova profissão, com foco no setor que mais cresce no país: o agronegócio. “Os resultados da primeira turma superaram nossas expectativas, visto que obtivemos um percentual expressivo de alunos já graduados e outros com especialização que decidiram participar do curso Técnico Agronegócio. Outro ponto favorável foi a baixa evasão dos estudantes que demonstram dedicação e comprometimento nos trabalhos e aulas”, acrescentou o coordenador.

Na avaliação do superintendente do Senar em Mato Grosso do Sul, Rogério Beretta, iniciativas como a da rede e-Tec ampliam a oportunidade para que cidadãos de todas as regiões do país possam concluir os estudos ou se especializar ainda mais. “O Senar está definitivamente integrado na era da formação continuada e o estabelecimento da modalidade EaD otimizou ainda mais esta oportunidade, por abranger localidades mais distantes. Nós contamos atualmente com mais de 160 capacitações que variam de 20 a 240 horas/aulas e agora, temos um curso de nível médio que formará trabalhadores capacitados para um mercado de trabalho exigente e tecnológico”, concluiu.

Informações adicionais - O programa implantado em 2015 pelo Senar Central tem a finalidade de assegurar ensino diferenciado, com a proposição de conteúdo didático direcionado à realidade do campo. A meta da instituição é formar uma rede de cobertura nacional com mais de 100 polos de apoio presencial e garantir 20 mil vagas somente para a qualificação de Técnico em Agronegócio. Em 2014, foram abertas 240 vagas.

Atualmente 20 unidades estão em funcionamento em nove estados: Mato Grosso do Sul, Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Sergipe. Todas com infraestrutura física, tecnológica e professores, prontas para o início das atividades e contando com salas de aula e videoconferência, laboratórios de informática, bibliotecas e todos os requisitos de acessibilidade para portadores de necessidades especiais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Fabricantes de laticínios devem pagar R$ 18 mil por calote em conta de luz
TRÁFICO
Trio é preso com mais de meia tonelada de cocaína
COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio
NOVA ANDRADINA
Adolescente que sufocou a filha de 28 dias fará tratamento psiquiátrico
RIO
Justiça nega indenização a Bolsonaro por declarações de Jean Wyllys
UEMS
Estão abertas as inscrições para Intercâmbio Sanduíche no Canadá

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura