Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Índice Geral de Desempenho Industrial de MS completa 16 meses acima dos 50 pontos

06 novembro 2019 - 13h50Por Da Redação

O IGDI (Índice Geral de Desempenho Industrial) de Mato Grosso do Sul, que foi criado pelo Radar Industrial da Fiems e é calculado com base nas pesquisas de Confiança e Sondagem Industrial, completou, em setembro deste ano, o 16º mês consecutivo acima dos 50 pontos. No respectivo mês, o Índice somou 56 pontos, indicando uma relativa estabilidade na comparação com agosto deste ano, quando chegou a 56,4 pontos.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, explica que, na passagem de agosto para setembro, ocorreram aumentos na participação das empresas que contrataram e no índice de confiança. Além disso, ressalta o economista, tiveram recuos na participação das empresas com produção estável ou crescente, na utilização da capacidade instalada e na intenção de investimento.

Quanto à atividade, ele explica que, em setembro, a produção ficou estável em 59,2% dos estabelecimentos, contra 57,8% no mês de agosto, enquanto as empresas que apresentaram expansão responderam por 15,5% do total, contra 21,9% no mês anterior. “Contudo, mesmo com a acomodação ocorrida no ritmo de atividade, o empresário industrial de Mato Grosso do Sul segue otimista em relação aos próximos seis meses, com os índices de intenção de investimento e confiança permanecendo em patamares elevados”, reforçou.

Ezequiel Resende acrescenta que é importante ressaltar também que a maior parte das variáveis analisadas apresentou desempenho positivo na comparação com os últimos 12 meses e no acumulado do ano. “Com os dados consolidados, constata-se que o IGDI segue acima dos 50 pontos, indicando que, na média geral, o desempenho foi satisfatório, segundo a percepção da maior parte dos empresários respondentes”, finalizou.

O Índice

O IGDI reflete a percepção do empresário em relação ao desempenho apresentado pela atividade industrial. “Na elaboração, foram selecionadas cinco variáveis - emprego, investimento, produção industrial, utilização da capacidade instalada e confiança – e todas com peso de 20% na composição do Índice”, detalhou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems.

No caso do emprego na indústria, o IGDI utiliza o percentual de estabelecimentos que aumentaram o número de empregados, enquanto na parte de investimento o Índice leva em consideração a intenção de investimentos para os próximos seis meses. Já da produção é usado o percentual de indústrias com a produção estável ou crescente, da utilização da capacidade instalada se pega o percentual médio e da confiança a base é o ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial).

O IGDI Fiems contou com a avaliação, validação e auxílio técnico do professor-doutor Leandro Sauer, da Escola de Administração e Negócios e do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (ESAN/UFMS). “O professor é matemático com atuação na utilização de métodos quantitativos em economia e tem comprovada experiência na elaboração e uso de indicadores sintéticos”, reforçou o economista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNICÍPIOS
Nelsinho Trad consegue recursos de R$ 1,4 milhão da União para MS
TRÊS LAGOAS
Homem é preso em flagrante por passar a mão nas partes íntimas de diarista
AGEPAN
Empresas de transporte têm até 24 de dezembro para requerer autorização
APOSENTADORIA
Congresso Nacional promulga nesta terça-feira a reforma da Previdência
REGIÃO
Marçal Filho espera que CPI da Energisa seja aberta esta semana
FRONTEIRA
Jovem é preso com 304 quilos de maconha que iria para São Paulo
POLÍTICA
Acolhimento Familiar será tema de Seminário na Câmara de Dourados
BRASIL
Medida provisória que extingue o Dpvat é assinada por Bolsonaro
JUSTIÇA
Semana da Conciliação em MS totaliza R$ 6,6 mi em acordos
CAPITAL
Morre bebê vítima de acidente causado por PM e família doa órgãos

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
PONTA PORÃ/PEDRO JUAN
Três são assassinados e um bebê fica ferido em "domingo sangrento" na fronteira
DOURADOS
Justiça manda município pagar salário a guarda municipal preso por tráfico