Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Idoso morre 15 dias após ser mordido por cachorro no rosto

29 setembro 2017 - 06h24

Um idoso de 64 anos morreu na tarde desta quinta-feira, dia 28 de setembro, por volta das 16h40, no Hospital Militar de Campo Grande. Segundo a esposa, ele passou mal depois de ser mordido no rosto por um cachorro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o idoso foi identificado como Arnobio Maciel de Oliveira, morador na cidade de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

Após se queixar de fortes dores abdominais, na última segunda-feira (25) ele foi transferido para o Hospital Militar de Campo Grande onde morreu na tarde de ontem.

Conforme sua esposa, o idoso não sofria de nenhuma doença, porém há 15 dias foi mordido no rosto por um cachorro.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da área central de Campo Grande.

Com informações do site Campo Grande News.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIGRAN
Empresa Junior de Agronomia comercializa verduras agroecológicas na AgroFeira
IBGE
Salário médio do sul-mato-grossense avançou 14% em três anos
IDOSOS
Universidades americanas incluem idosos saudáveis no currículo
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Mais de 230 mil veículos devem trafegar pela BR-163 durante o feriado
LEVANTAMENTO
Demanda do consumidor por crédito avançou 5,8% em outubro
REGIÃO NORDESTE
Conheça a Praia dos Carneiros e a coloque no roteiro da próxima viagem
BRASIL
Onyx nega ter se beneficiado de repasse da JBS feito em 2012
15 DE NOVEMBRO
Feriado da Proclamação da República: veja o que abre e o que fecha em Dourados
CLIMA
Tempo nublado não ameniza o calor e mínima em Dourados é de 22ºC
INSPIRE-SE!
Modelos de roupas confortáveis para todas as crianças

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros