Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 9860-3221
MAUS TRATOS

Idoso é flagrado e multado após envenenar cadela de vizinho

15 outubro 2017 - 09h00Por Da Redação

Policiais militares ambientais de Jardim receberam denúncias de um morador de Guia Lopes da Laguna, de que um vizinho teria envenenado seu animal de estimação. A PMA foi ao local no início da tarde de sábado (14) e verificou que a cadela, apesar de ter recebido atendimento veterinário e medicamento contra veneno, ainda se encontrava babando muito.

Os policiais foram até a residência do acusado de 65 anos, o qual afirmou que fez uso de venenos contra rato e insetos, porém, segundo ele, o envenenamento do animal se deu de forma acidental.

Entretanto, em frente à residência do acusado foram encontrados pedaços de carne com corante vermelho, que caracteriza a cor predominante de uma das substâncias.

O infrator foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Guia Lopes da Laguna e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais.

A pena é de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 500.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro condena ataques no Sri Lanka
MS
Homem é autuado por transporte de pescado ilegal
MS
Bebê nasce na BR-163/MS à caminho de hospital
TRAGÉDIA
Casal morre em acidente de moto próximo a Ponta Porã
BRASIL
Bombeiros resgatam a última vítima desaparecida nos escombros de desabamento na Muzema
CORUMBÁ
Jovem morre afogado em piscina de clube
ESPORTES
Algoz de brasileiro lidera premiações no UFC São Petersburgo
NOVA ANDRADINA
Polícia Militar apreende pistola de ar comprimido com jovens
BRASIL
Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro
MUNDO
Sri Lanka: ataques a igrejas e hotéis matam 200 e ferem 400

Mais Lidas

POLÍCIA
Mulher de 41 anos é assaltada e estuprada próximo à feira-livre
DOURADOS
Rapaz é ferido com duas facadas e socorrido ao HV
DOURADOS
Indígena que morreu atropelada na MS-156 tinha 25 anos
POLÍCIA
Casal é preso por tráfico, após entrega de crack, no Cachoeirinha