Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
IMUNIZAÇÃO

Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul

15 outubro 2019 - 08h47Por Da Redação
O empenho da equipe da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) para manter os bons resultados de vacinação conquistados em anos anteriores e que colocaram Mato Grosso do Sul entre os estados com os melhores números, deve ser repetido na campanha de vacinação que terá início no dia 1º de novembro nas três regiões sanitárias do Estado.
 
Ao mesmo tempo em que trabalha intensamente para cumprir o cronograma do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), a Iagro mantêm a agenda de ações da campanha de vacinação que a partir do dia 15 de outubro abre o calendário para pedidos de antecipação da vacinação em todo o Estado, com previsão de imunizar mais de 21 milhões de animais entre bovinos e bubalinos.
 
Para as regiões do Planalto e Fronteira o período de compra e vacinação estarão abertos de 1º a 30 de novembro, e o de registro vai até 16 de dezembro.
 
Já os pecuaristas do Pantanal poderão comprar e vacinar de 1º de novembro a 31 de dezembro e registrar até o dia 31 de dezembro.
 
O produtor que deixar de vacinar ou não registrar a vacina estará sujeito a multa. 
 
Calendário
 
Na campanha deste ano, além de chamar a atenção para a obrigatoriedade da vacinação, a nova dosagem que é de 2 ml, e informar o calendário, a Iagro reforça aos pecuaristas os cuidados sobre todo processo até a aplicação da vacina e depois disso, conforme seguem:
 
Compre as vacinas somente em lojas registradas.
Verifique se as vacinas estão na temperatura correta (2° C a 8° C).
 
Para transportá-las, use caixa térmica, coloque três partes de gelo para uma de vacina e lacre.
 
Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação. Escolha a hora mais fresca do dia e reúna o gado. Mas lembre-se: só vacine
bovinos e búfalos.
 
Durante a vacinação, mantenha a seringa e as vacinas na caixa térmica e use agulhas novas, adequadas e limpas. A higiene e a limpeza são fundamentais para a boa vacinação.
 
Agite o frasco antes de usar e aplique a dosagem certa em todos os animais: 2 ml.
 
O lugar correto de aplicação é a tábua do pescoço, podendo ser no músculo ou embaixo da pele. Aplique com calma.
 
Não esqueça de preencher a Declaração de Vacinação e entregá-la na Iagro junto com a Nota Fiscal de compra das vacinas.
 
Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa)
 
Para execução do Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa) os estados foram divididos em cinco blocos pecuários para que seja feita a transição de área livre da aftosa com vacinação para sem vacinação. Por questões estratégicas recentemente Mato Grosso do Sul foi remanejado para o bloco IV composto por Estados da região central: Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu