Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
TRIBUNAL DO JÚRI

Homem que tentou envenenar patrão e pai será julgado hoje na Capital

12 junho 2019 - 11h23Por TJMS

As duas varas do Tribunal do Júri da Capital realizarão nesta semana dois julgamentos. Entre as ações penais, está pautado para hoje (12), o júri popular de um homem acusado de tentativa de homicídio contra um empresário e o pai por envenenamento. Conforme o processo, o crime aconteceu em um frigorífico no bairro Nova Campo Grande, no horário de trabalho das vítimas. O julgamento terá início às 8 horas, no Fórum Heitor Medeiros.

Segundo os autos, no dia 16 de dezembro de 2009, por volta das 9 horas, o réu tentou matar o patrão, proprietário de um frigorífico da Capital, e o pai que é pecuarista, com uso de veneno. As vítimas ingeriram suco de laranja no estabelecimento, que foi servido pela funcionária deles. Logo após, começaram a sentir náuseas, vômitos, sudoreses e tonturas, motivo pelo qual buscaram atendimento médico, onde foram medicados com suspeita de envenenamento.

De acordo com o depoimento da vítima, a copeira levava o suco de laranja para ele e seu pai frequentemente. Ele revela que no dia do ocorrido percebeu que a bebida apresentava um odor muito forte aparentando cheiro de tinner e que tomou apenas meio copo do líquido. Sustenta que em aproximadamente cinco minutos teve uma indisposição, ficou tonto e teve uma quebra brusca da pressão arterial e foi levado ao hospital junto com o seu pai, que sentiu os mesmos sintomas. Afirma que receberam atendimento médico, onde foi injetado um soro e antídoto contra veneno.

Após o fato, a copeira foi intimada para prestar depoimento e esclareceu que, no dia dos fatos, o réu disse que queria falar com ela, indagando-a se ela comia da fruta e do suco de seu patrão, ela respondeu que sim, momento em que o acusado a orientou para não comer e não tomar do suco. Conta que quando começou a preparar a bebida, o acusado chegou a porta da copa e perguntou se tinha álcool, ela disse que sim, e que ficava no banheiro, e o réu pediu para ela pegar. Alega que, antes mesmo dela sair do interior do banheiro, o réu já estava no corredor atrás dela,  momento em que entregou o álcool e retornou até a copa para terminar a bebida.

Sustenta ainda que, quando terminou o suco, levou até o empresário e o pecuarista e, ao retornar para a copa, percebeu que a bebida estava estranha, com um cheiro muito forte assemelhado a tinner, então voltou para a sala das vítimas e pediu para que elas não bebessem tal suco, pois estava com cheiro esquisito, porém eles já haviam tomado. Revela que recolheu a bebida, e logo em seguida eles começaram a sentir mal estar, dizendo que estavam com a cabeça tonta, momento em que foram socorridos e levados até o hospital.

Diante do exposto, o juiz titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluizio Pereira dos Santos, pronunciou o réu no artigo 413 do Código de Processo Penal. E no artigo 121, § 2º, inciso III c/c art. 14, inciso II (tentativa de homicídio, com emprego de veneno), em relação às duas vítimas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Criminalidade no Estado teve queda em 2019, diz governo
DOURADOS
Refinaria que deve gerar 300 empregos será inaugurada dia 25
Paranaíba
Inscrições para processo seletivo de estagiários seguem abertas em fórum
DOURADOS
Mostra Cultural Saberes Indígenas começa nesta semana
BRASIL
Mais de 70 mil candidatos fazem hoje vestibular da Unicamp
HU-UFGD
Mesa redonda e encontro de mães marcam o Dia da Prematuridade
TECNOLOGIA
Alto-falantes inteligentes chegam ao Brasil com novas funções e riscos
ESPORTES
JEJ Blumenau: Judô MS dá início às disputas com sete atletas
BRASIL
Credibilidade de vacinas é menor entre homens e jovens, diz pesquisa
ESTADO
Governo diz que pavimentação da MS-339 facilita escoamento da produção e diminui risco de acidentes

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Idoso é fechado por criminosos na Marcelino, é derrubado e tem moto ‘zero km’ roubada
PORTO MURTINHO
Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada