Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Homem que se passava por instalador de câmeras de segurança é condenado

12 setembro 2017 - 17h50

O juiz titular da 2ª Vara Criminal de Campo Grande, Olivar Augusto Roberti Coneglian, condenou J.H.O.L. a 3 anos, 2 meses e 15 dias de reclusão, além de 50 dias-multa, pela prática de furto qualificado pelo abuso de confiança e mediante fraude à residência de uma de suas várias vítimas.

O condenado é acusado de ter praticado diversos furtos na Capital agindo sempre da mesma forma. Ao se passar por instalador de câmeras de segurança ou de TV a cabo, ele adentrava nas residências e entregava para quem o recebia um pedaço de fio, solicitando que levasse este até o andar superior a fim de realizar testes no equipamento que supostamente instalaria. Enquanto ficava sozinho no andar debaixo, o réu subtraía o máximo de objetos possíveis e evadia-se do local.

Foi exatamente desta forma que ele procedeu na manhã do dia 18 de março de 2013, ao furtar uma residência no Jardim São Lourenço, onde se encontrava apenas a funcionária doméstica da família. Posteriormente, no entanto, reportagens televisivas noticiaram seu modo de operação e sua captura. Assim, o dono da casa levou a funcionária até a delegacia, onde esta reconheceu o acusado.

O reconhecimento, aliado aos testemunhos colhidos no processo, à confissão do próprio acusado e ao fato de parte dos objetos furtados terem sido encontrados onde ele morava, foram considerados o suficiente para afastar as teses da defesa e formar o convencimento do magistrado quanto à autoria do crime.

Como o réu já possuía mais de 10 sentenças criminais em seu desfavor, foi tido por multireincidente e possuidor de maus antecedentes, de forma que sua pena base foi aumentada para 3 anos, 2 meses e 15 dias de reclusão, além da fixação de 50 dias-multa, sendo determinado o regime fechado para cumprimento, tudo somente em relação a apenas este furto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto
CHAPADÃO DO SUL
Motorista é preso após deixar mulher no interior de caminhão por 11 dias
BELA VISTA
Estudante de MS é finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Ex-secretário de Saúde e empresário são levados à PED e defesas tentam liberdade