Menu
Busca quinta, 16 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
BENEFÍCIOS

Governador sanciona o Sistema Estadual de Cultura de MS

22 setembro 2017 - 17h20

Foi publicada no diário oficial de ontem (21), a sanção da lei que institui o Sistema Estadual de Cultura do Estado de Mato Grosso do Sul. O documento foi amplamente discutido com as entidades representativas da área cultural, como o Fórum Estadual de Cultura e sendo o resultado de mais de 30 anos de discussões, materializa uma vitória institucional da classe artística do Estado.

O Sistema Estadual de Cultura reúne todas as leis que vão reger a gestão e a política cultural do Estado. Ela aumenta a participação da sociedade civil nessa condução da política cultural ao descentralizar recursos e instituir o repasse "fundo a fundo"para os municípios incentivarem os projetos culturais locais. Segundo o Superintendente de Cultura da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, Ricardo Maia, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB/MS) será a responsável, junto com o secretário da pasta, em criar parâmetros para a distribuição desses recursos.

O secretário estadual de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, destaca que a conquista é histórica para o setor e permitirá que a cultura seja consolidada como mais um direito social aos cidadãos. "Assim como direito à educação, saúde e habitação, a cultura é essencial para a formação e o bem-estar de todos. O Sistema Estadual da Cultura tem como objetivo instituir um processo de gestão e promoção conjunta de políticas públicas de cultura, democráticas e permanentes, pactuadas entre o Estado, municípios e a sociedade. Assim garantimos a diversidade cultural, a popularização do acesso à cultura a ainda fomentaremos a produção regional", comemorou.

O Sistema Estadual de Cultura caminha junto com o Plano Estadual, onde se encontram as diretrizes que definem as políticas públicas que serão colocadas em prática para a cultura. O Plano Estadual de Cultura , que foi construído junto com a comunidade, tem caráter decenal e contém todo o planejamento das ações para os próximos 10 anos. Neste período, o orçamento do Estado para a cultura aumentará progressivamente até 1,5 %. Além disso, 20% do orçamento do FIC (Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul serão destinados aos municípios para que estes lancem editais de cultura.

Outra novidade desta lei é que o Conselho Estadual de Políticas Culturais (CEPC-MS) foi aumentado para 30 integrantes titulares, sendo que 15 serão provenientes do Poder Público com representantes da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, da Secretaria de Estado de Educação; da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho; do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Os outros 15 membros serão escolhidos da comunidade cultural do Estado e serão provenientes do Fórum Estadual de Cultura de Mato Grosso do Sul (FESC/MS) e dos Colegiados Setoriais Estaduais de Artes Visuais, Artesanato, Audiovisual, Música, Teatro, Dança,Circo, Cultura Popular, Cultura Afro-Brasileira, Cultura Indígena, Literatura, Patrimônio Cultural, Designer e Moda e Capoeira.

A lei garante ainda o investimento na formação e qualificação para os funcionários da Secretaria de Cultura e Cidadania, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, dos artistas e da comunidade em geral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DE BIQUÍNI
Priscila Pires mostra resultado de alimentação e treinos intensos
CULTURA
Publicado edital de seleção para artesãos participarem do Salão do Artesanato em São Paulo
DOURADOS
Trabalhadores de obras completam três dias parados
OTIMISMO DO PRODUTOR
Alta do dólar eleva preço da soja em Mato Grosso do Sul
FLAGRANTE
Veículo roubado em Santa Catarina é recuperado em MS
INCLUSÃO
Com 12 mil pessoas em MS, comunidade surda reivindica acesso a serviços básicos
FALTOSOS
Concurso da PM registra abstenção de 14% em MS
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e se aproxima do patamar de R$ 3,90 com piora do cenário externo
EDUCAÇÃO
Apesar de protestos, MEC diz que base curricular tem de ser debatida
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Última semana para inscrições de trabalhos em feiras científicas do IFMS

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto dentro de veículo estacionado em acostamento
DOURADOS
Bebê de oito meses é internado no HU e polícia investiga suspeita de agressão
ALDEIA BORORÓ
Mãe denuncia o próprio filho após descobrir roubo de moto em Dourados
DOURADOS
Uno tomba após colisão com Ônix no Jardim Girassol