Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
CONFLITOS NO CAMPO

Frente Parlamentar de defesa do agronegócio e cooperativismo é lançado em MS

22 junho 2015 - 17h30

Problemas de armazenamento, logística, e fundiários foram apontados como os principais desafios da Frente Parlamentar de Defesa do Agronegócio e do Cooperativismo de Mato Grosso do Sul, lançada hoje (22/6) na Assembleia Legislativa.

Atualmente, pelo menos 87 propriedades rurais no Estado estão invadidas, conforme dados repassados pelo presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Nilton Pickler. “Essas invasões desvalorizam nossas terras, impedem investimentos e atrasam o avanço do nosso Estado”, explicou Nilton.

O coordenador da Frente Parlamentar, deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB), explicou que assim como a questão fundiária, a logística também é de fundamental importância para o desenvolvimento do setor do agronegócio. “A falta de logística encarece e atrasa o transporte de tudo o que é produzido”, salientou. Ainda segundo o parlamentar, a Frente será um suporte, uma força maior para que o grupo consiga chegar às respostas que o setor produtivo anseia.

Para o secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel, as ações da Frente Parlamentar vão somar esforços aos trabalhos desenvolvidos em Mato Grosso do Sul com objetivo de fomentar o agronegócio e o cooperativismo. “O cooperativismo é extremamente importante e só funciona com a união de forças”, disse o presidente do sistema OCB/MS (Sindicato e Organizações das Cooperativas Brasileiras no MS), Celso Ramos Régis.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), disse que o agronegócio e o cooperativismo são duas importantes vertentes para a economia do Estado. “A Frente Parlamentar deve trabalhar esses pontos sempre objetivando o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul”, ressaltou. Os parlamentares que compõem a Frente se reunirão a cada 15 dias para discutir questões relacionadas ao setor.


Integrantes

Coordenador: Professor Rinaldo (PSDB)

Subcoordenador: Zé Teixeira (DEM)

Membros: Amarildo Cruz (PT), Beto Pereira (PDT), Eduardo Rocha (PMDB), Felipe Orro (PDT), Flávio Kayatt (PSDB), Junior Mochi (PMDB), Lidio opes (PEN), Mara Caseiro (PTdoB), Marcio Fernandes (PTdoB), Maurício Picarelli (PMDB), Paulo Corrêa (PR) e Renato Câmara (PMDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Chapecoense e Fluminense se enfrentam por "novos ares" no Brasileirão
TRÊS LAGOAS
Apartamento é invadido por dupla armada e casal é ferido a tiros
DÉCOR DO DIA
Sala de estar decorada com pufes e gallery wall
ESPORTES
Judô do MS conquista duas vagas para o Pan e Sul-Americano Sub-13
GERAL
Projeto de educação para o trânsito do Detran passará por modernização
ECONOMIA
Dólar abre em alta a R$ 4,05 e Bolsa de Valores opera em baixa
DOURADOS
Após temporal, avenida fica parcialmente bloqueada para limpeza e retirada de árvore
FUTEBOL
Vasco e Bahia buscam arrancada para se afastar do Z-4 do Brasileirão
NOVELA
Adriane Galisteu capricha na vilania e se destaca em “O Tempo Não Para”
BRASIL
IBGE mostra que municípios de MS lideram área plantada e valor em produção de silvicultura

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados