Menu
Busca quarta, 23 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
CONFLITOS NO CAMPO

Frente Parlamentar de defesa do agronegócio e cooperativismo é lançado em MS

22 junho 2015 - 17h30

Problemas de armazenamento, logística, e fundiários foram apontados como os principais desafios da Frente Parlamentar de Defesa do Agronegócio e do Cooperativismo de Mato Grosso do Sul, lançada hoje (22/6) na Assembleia Legislativa.

Atualmente, pelo menos 87 propriedades rurais no Estado estão invadidas, conforme dados repassados pelo presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Nilton Pickler. “Essas invasões desvalorizam nossas terras, impedem investimentos e atrasam o avanço do nosso Estado”, explicou Nilton.

O coordenador da Frente Parlamentar, deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB), explicou que assim como a questão fundiária, a logística também é de fundamental importância para o desenvolvimento do setor do agronegócio. “A falta de logística encarece e atrasa o transporte de tudo o que é produzido”, salientou. Ainda segundo o parlamentar, a Frente será um suporte, uma força maior para que o grupo consiga chegar às respostas que o setor produtivo anseia.

Para o secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel, as ações da Frente Parlamentar vão somar esforços aos trabalhos desenvolvidos em Mato Grosso do Sul com objetivo de fomentar o agronegócio e o cooperativismo. “O cooperativismo é extremamente importante e só funciona com a união de forças”, disse o presidente do sistema OCB/MS (Sindicato e Organizações das Cooperativas Brasileiras no MS), Celso Ramos Régis.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), disse que o agronegócio e o cooperativismo são duas importantes vertentes para a economia do Estado. “A Frente Parlamentar deve trabalhar esses pontos sempre objetivando o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul”, ressaltou. Os parlamentares que compõem a Frente se reunirão a cada 15 dias para discutir questões relacionadas ao setor.


Integrantes

Coordenador: Professor Rinaldo (PSDB)

Subcoordenador: Zé Teixeira (DEM)

Membros: Amarildo Cruz (PT), Beto Pereira (PDT), Eduardo Rocha (PMDB), Felipe Orro (PDT), Flávio Kayatt (PSDB), Junior Mochi (PMDB), Lidio opes (PEN), Mara Caseiro (PTdoB), Marcio Fernandes (PTdoB), Maurício Picarelli (PMDB), Paulo Corrêa (PR) e Renato Câmara (PMDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Ex-BBB Michelly Crisfepe exibe barriga esculpida na web e recebe elogios
PAGAMENTO
Justiça suspende auxílio-mudança de parlamentares reeleitos
SAÚDE
Menino de 5 anos é diagnosticado com leishmaniose em Campo Grande
ECONOMIA
Aéreas brasileiras transportaram 103 milhões de passageiros em 2018
COXIM
Mulher não consegue falar com marido que é encontrado morto pela filho
UFGD
Concursos para docentes e técnicos divulgam candidatos isentos
ECONOMIA
Secretaria de Fazenda publica valor atualizado de Uferms para fevereiro
FORÇAS ARMADAS
Polícia recupera pistola de uso restrito desaparecida desde 2016
APRENDIZES-MARINHEIRO
Marinha abre inscrições para concurso com 1 mil vagas em todo país
ANASTÁCIO
Homem agride e furta dinheiro mãe para comprar bebida alcoólica

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem morre após ser atropelado por Mini Carregadeira em Dourados
BRASILÂNDIA
Dono de casa de prostituição é preso por tráfico de mulheres
OPERAÇÃO PREGÃO
Ex-secretário de Fazenda João Fava Neto é preso na Capital
ENERGISA
Consumidores podem recorrer ao valor da conta de energia sem sofrer corte no fornecimento